Parabens! R$10 serão adicionados ao seu saldo depois de registração

Qual É O Significado De Tese de Doutorado Pronta

De repente você se vê na obrigação de desenvolver uma tese para o mestrado ou até mesmo o seu doutorado. Mas aí você não sabe nem como começar, ou melhor não sabe nem do que se trata. Se você está inserido nessa categoria você veio ao lugar certo, porque aqui nós vamos te explicar o que é uma tese, para que usá-la, como desenvolver uma. Continue lendo.

Como funciona

Estudante cria o pedido

Estudante cria o pedido

Escritores dão ofertas

Escritores dão ofertas

Estudiante contrara o escritor

Estudiante contrara o escritor

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

Calculadora de Preço
Nós temos os melhores preços, veja por si mesmo!
Data de entrega
Especifique quando gostaria de receber o projeto do especialista. Deixe mais alguns dias se precisar que o mesmo seja revisado. Você terá 20 dias de garantia para solicitar quaisquer revisões, gratuitamente.
Páginas
Palavras
+
Nosso Preço
Nosso preço é calculado com base em dados estatísticos retirados das ofertas do escritores da Studybay
Preço dos concorrentes
Nós coletamos e analisamos dados da média de preços oferecidos pelos websites concorrentes
R$ 0 MELHORES PREÇOS
R$ 0
Submeter o projeto

Muito se ouve falar sobre, mas de fato o que é e significa tese? Para que e como usá-la? Como fazer uma tese? Se esses questionamentos estão tirando seu sono, perturbando sua mente, e fazendo você arrancar os cabelos, tenho uma boa notícia isso vai acabar agora, porque nós vamos te explicar tudo que você precisa saber sobre tese.

Bem, para começar vamos explicar o que é uma tese, resumidamente o significado de tese é um tema, um assunto. Para você entender melhor a etimologia da palavra tese, vem do grego “thesis” que significa proposição. Dessa forma, podemos dizer que tese se trata de um trabalho de pesquisa profunda, na qual o autor formulará um trabalho escrito, e após defenderá para os professores da examinação.

Nessa esteira, podemos dizer que a definição de tese consiste em um trabalho com extensão média que varia de cem a quatrocentas laudas, nela o aluno aborda um problema que se relaciona com a área a qual pretende se formar. Após confeccionar o trabalho escrito é necessário que esse trabalho seja apresentado a uma banca examinadora, a qual vai ouvir a apresentação do aluno, após vai levantar alguns questionamentos sobre o tema, há uma discussão entre este e os membros da banca.

Após isso, é que os membros da examinação irão apontar a qualidade ou os defeitos existentes no trabalho, nesse momento vai ser avaliado também a capacidade do aluno de sustentar suas opiniões, bem como a qualidade do trabalho escrito, após todos esses passos é que emite-se o veredito.

Mas aí você pergunta o que é a tese usada comumente na expressão “em tese”? Acredito que todo mundo já ouviu alguém falar “em tese isso seria assim…”, aqui em tese significa algo como em teoria isso seria assim. Dessa forma, o uso da palavra tese na expressão popular não tem nada a ver com a sua descrição no mundo acadêmico.

  Para Que Serve Uma Tese?

Falamos o que é uma tese, mas para que ela serve? As teses são mais utilizadas por estudantes de mestrado ou doutorado, justamente por se tratar de uma pesquisa mais aprofundada, elas são cobradas porque entende-se que um aluno que quer obter o grau de doutor, por exemplo, ele almeja se especializar e aperfeiçoar como um pesquisador científico.

Ao contrário de um estudante de graduação, que a graduação serve para encaminhá-lo para o exercício da profissão, o PhD o encaminha para a carreira universitária, justamente por isso se exige tanto desse aluno. A tese aqui então se classifica como um trabalho de pesquisa totalmente original, e o candidato a receber o título de doutor deve demonstrar a sua capacidade de avançar na área de estudo escolhida.

A tese vem justamente para comprovar a capacidade do aluno de fazer uma pesquisa original, onde é extremamente necessário conhecer a fundo o que foi dito sobre o mesmo argumento pelos demais estudiosos do assuntos. E vai além, pois ele tem que “descobrir” algo que ainda não foi dito por esses estudiosos. É daí que vem a utilidade da tese, pois ela consiste em realizar uma descoberta sobre determinado assunto e defender esse argumento perante a banca examinadora, para só então você alcançar o seu título.

  Qual a Diferença Entre Monografia, Dissertação e Tese?

Todo mundo já ouviu falar nesses três termos, não é verdade? Mas o que eles significam? Os três são trabalhos que podem ser solicitados durante um curso de pós graduação, mestrado ou doutorado. Um ponto em comum entre eles é a linguagem clara, concisa, impessoal e objetiva que deve ser adotada na forma de escrever. Mas e o que os diferencia? Nós vamos te contar a diferença entre dissertação e tese.

  Monografia

As monografias são um dos gêneros do Trabalho de Conclusão de Curso -TCC que é exigido do aluno ao final do curso, elas são comuns em cursos de graduação, mas podem ser pedidas em cursos de pós graduação lato sensu e até mesmo MBA. Nela o aluno elege um tema ou um caso específico e faz um estudo sobre ele, deverá pesquisar os detalhes da temática refletindo sobre sua importância para a área, ao final da pesquisa ele relatará as suas conclusões sobre o tema.

  Dissertação

As dissertações são mais requisitadas em mestrados, e são mais elaboradas que as monografias. Elas se classificam como o trabalho final do curso de mestrado. Nela o estudante deve utilizar o método investigativo científico experimental, utilizando-se de materiais de pesquisa empírica, tais como entrevistas, coleta de dados, observação sistemática dentre outras para concluir seu estudo. Após a coleta você irá fazer uma análise dos dados coletados e apresentar os argumentos aos quais chegou com o estudo. 

  Tese

Por sua vez a definição de tese é um trabalho acadêmico mais requisitado no doutorado. Através dela o aluno tem por obrigação trazer uma contribuição inédita para a área escolhida. A tese de doutorado consiste em uma elaborada pesquisa, em que uma proposta de teseinovadora deverá ser defendida. A declaração de tese é uma pesquisa mais complexo que a dissertação, e muito mais profunda, pois traz aspectos e conclusões que contribuem de forma original para a temática em questão.

  O Que é Tese Na Redação?

É muito comum ouvirmos falar em proposta de tese de doutorado, mas e o que é a tese na redação? Como já mencionamos existem outros contextos em que a palavra tese está inserida, não apenas no contexto acadêmico, e uma delas é na redação. Se você está estudando para o Enem por exemplo, já deve ter ouvido falar sobre a tese, pois ela é um elemento essencial de um texto dissertativo-argumentativo.

Na redação do Enem a tese passa a significar o seu ponto de vista sobre aquele tema proposto. E nesse texto ela pode ser apresentada através de declarações afirmativas ou negativas sobre o tema. Dessa maneira, na redação você vai expor seus argumentos defendendo seu ponto de vista e fazendo com que o leitor compreenda ele.

Vale ressaltar que o significado de tese na redação é um posicionamento crítico, por isso é importante você demonstrar ideias próprias e não somente se ater aos pensamentos do senso comum, seja crítico e reflexivo ao expor sua opinião. Mas lembre-se sempre de ser impessoal nos seus argumentos.

A tese pronta para redação é importante para esclarecer o que aluno acredita ser a problemática, assim através da tese você deve indicar no primeiro parágrafo o que você tratará nos seguintes.

  O Que é Tese de Doutorado?

Como já abordamos muita gente acaba por confundir os termos tese, dissertação e monografia. Já explicamos um pouco sobre cada um deles, mas afinal o que é uma tese de doutorado? Uma definição muito simples, mas que traduz exatamente o que é tese de doutorado é dizer que ela se trata de um trabalho acadêmico complexo, que deve ser defendido a uma banca examinadora composta por doutores, como requisito para obtenção do grau de doutor pelo aluno.

Nessa ótica, a pesquisa para desenvolvimento de uma tese de doutorado pode ser tanto de campo, como teórica, documental, histórica, experimental ou filosófica. Desse modo, o aluno irá propor soluções para um problema através de demonstração de hipóteses, essas hipóteses são levantadas com base em evidências de fatos, sempre obedecendo um raciocínio lógico.

Assim, deve-se trazer uma descoberta para a área científica em que o aluno estuda. Para elaboração de uma proposta de tese exige-se que o aluno elabore uma pesquisa com base em um único tema voltado para a área de estudo do aluno, além disso é exigido que haja uma contribuição original a respeito do tema pesquisa, culminando em um progresso para a área.

  Pontos Importantes Para Uma Boa Tese de Doutorado

Sabemos o quanto é complexo o processo de criação de uma tese acadêmica, por isso separamos aqui alguns pontos que você deverá ter em mente antes de dar início ao processo de criação da tese, assim saberá como fazer uma tese de mestrado, acompanhe:

  • Sempre escreva o problema de forma concreta, trate-o sempre com relevância, deve ser dada uma solução com compromisso e concreta;

  • Enumere todas as principais hipóteses sobre a tese, uma dica também é realizar uma justificativa relevante para essas hipóteses por meio de outros trabalhos ou usando outros autores, mas sempre lembrando de creditá-los no final;

  • É necessário definir de maneira concisa todos os principais conceitos referentes ao assunto tratado, se possível for use alguns conceitos e definições utilizadas em outros trabalhos;

  • Sempre apresente as justificativa das hipóteses levantadas no trabalho, utilize uma estrutura padrão para evitar perda de tempo na confecção da tese;

  • É necessário apresentar ao menos uma solução, argumentando porque ela é melhor que as outras que já são encontradas pelo leitor;

  • Outro ponto é descrever detalhadamente porque incorporou alguns argumentos e deixou outros de fora;

  • Deixe claro para o leitor quais serão os argumentos utilizados para a solução, se esses argumentos foram avaliados, a flexibilidade e usabilidade dele, dentre outros pontos;

  • Sempre justifique qual é o seu método de avaliação, quais testes realizou, se realizou, e avalie os aspectos para a solução;

  • Sempre escreva detalhadamente as configurações de cada experimento realizado;

  • Se possível faça uma comparação dos seus argumentos com os argumentos de outros trabalhos que são relacionados ao seu, analisando quais os parâmetros dos testes que devem ser os mesmos, pois assim a comparação poderá ser válida;

  • Mostre sempre todos os resultados da sua avaliação, explique se puder o porquê se comprovam, ou caso não seja possível indique quais são os benefícios dessa solução apresentada;

  • Identifique todas as contribuições em seu projeto de tese pronto, faça isso de forma clara, e explique de que maneira essas soluções vão contribuir com o avanço seja científico ou tecnológico;

  • Identifique ao leitor quais são as limitações da sua proposição, se algo não foi possível de ser solucionado e o porquê disso acontecer, bem como você poderá realizar uma discussão de como trabalhos futuros poderão ser abordados.

Lembre-se sempre da nossa dica de ter calma ao elaborar qualquer trabalho acadêmico, o mesmo vale para a tese pronta, apesar de ser um trabalho de alta complexidade tendo em vista o grau alcançado com o seu sucesso, não é nenhum bicho de sete cabeças, por isso relaxe e acompanhe as nossas dicas que vão te ajudar bastante.

  Dicas Para Escolher o Tema

Sabemos que o primeiro passo a ser dado na confecção de um trabalho acadêmico também é o mais difícil, estamos falando da escolha do tema, afinal que tema escolher? Será possível ter uma tese pronta para qualquer tema? Calma meus amigos, estamos aqui para te auxiliar, pensando nisso trouxemos apenas quatro regrinhas que vão te auxiliar no processo de escolha do tema. Vejamos:

  1. Antes de escolher o tema verifique se ele responde aos seus interesses, veja se ele se encaixa em sua atitude, coaduna com seus pensamentos e etc;

  2. Observe se as fontes para consulta são acessíveis, de nada adianta escolher um tema cujo material é inacessível para você;

  3. Verifique se há uma boa quantidade de material para pesquisa, pois lembre-se que você estará elaborando uma pesquisa altamente complexa, que necessita de uma variedade de fontes para a sua composição;

  4. Observe se o quadro metodológico coaduna com a sua experiência.  

Ao levar em consideração essas dicas antes da escolha do tema, elas te ajudarão a eleger um tema em que você tenha mais afinidade, e mais se encaixe em seus pensamentos e ponto de vista, tenha em mente que não basta apenas conhecer o assunto, é necessário ter alguma relação de afinidade com ele.

  Tipos de Tese

  Tese Monográfica ou Panorâmica?

Por vezes ficamos perdidos na hora de elaborar uma tese e temos vontade de falar sobre tudo, achando que dessa forma iremos fazer melhor, ou assim não deixaremos nenhum tópico de fora, ledo engano. Teses com tópicos ou temas muito amplos são intituladas de teses panorâmicas, como o próprio nome já sugere faz-se um panorama geral de tudo, mas não se abrange nada, nem muito menos se especifica nada, essas teses são perigosas, pois pode se acabar não chegando a resultado nenhum. 

Muitos estudantes que optam por esse exemplo de tese acabam depois culpando a examinação de não tê-lo entendido corretamente, mas por vezes você vai a tantos lugares que acaba não chegando a uma conclusão plausível sobre nada.

Dessa forma, melhor opção de conteúdo talvez seja uma tese monográfica, tendo em vista que nela a o foco de apenas uma temática, abordando com vastidão todos os aspectos desse conteúdo eleito. Vale mencionar que uma tese monográfica não impede de se perder de vista o panorama, pois só podemos explicar o que entendemos de um autor quando o inserimos num panorama, porém uma coisa é utilizar o panorama como plano de fundo, outra é utilizar somente uma visão panorâmica sem nenhum estudo mais a fundo.

Para que fique claro tenha em mente sempre que quanto mais se restringe o campo de estudo, mais você terá segurança e desenvoltura para desenvolver o seus estudos, portanto uma tese monográfica é uma melhor opção. 

  Tese Teórica ou Histórica?

Uma tese teórica como o nome já indica é uma tese que busca desenvolver sobre um problema abstrato, que pode ter sido ou não objeto de outras teses. Como o modelo de tese de mestrado natureza da vontade humana, ou até mesmo o conceito de liberdade dentre outros temas abstratos. Como esses temas são abstratos existem duas possíveis soluções para chegar com ele, a uma tese panorâmica, na qual ele poderia trazer o conceito de diversos autores, sem uma solução exata.

E a segunda seria esse aluno tentar definir esse conceito em poucas páginas, como uma espécie de solução. Salientamos que a maioria das bancas não costuma se agradar com esse exemplo de tese pronta, por isso que ressaltamos a importância da definição de um bom tema para o texto. Por sua vez a tese historiográfica deixa de lado esses conceitos abstratos e parte de algo já escrito e com apoio no que já foi escrito.

  Temas Antigos ou Contemporâneos? 

O tema para uma tese científica é sempre um problema na hora de escolher, seja pela infinidade de temas que existem em várias áreas, seja pelo fato de escolher um assunto novo ou um assunto antigo. Nessa ótica, para clarear os seus pensamentos e te ajudar a escolher insta mencionar que um tema contemporâneo pode ser mais difícil de ser utilizado, pois apesar dos textos dele talvez ser mais acessíveis, o conteúdo é mais reduzido.

Dessa forma, você pode acabar fazendo apenas uma repetição do que já disseram. Porém, se o tema é mais antigo, há vários esquemas interpretativos que podem ser utilizados, embora você tenha que fazer uma pesquisa mais aprofundada, você conseguirá extrair muito mais de um tema antigo do que de um novo.

  Em Quanto Tempo Se Elabora Uma Tese?

É difícil quantificar o tempo de trabalho, pois cada um tem o seu. Porém um consenso comum é que dificilmente alguém elabora uma tese em menos de seis meses, podendo levar até três no processo de elaboração.

Seria difícil alguém elaborar uma tese ou pelo menos um projeto de tese de doutorado em menos de seis meses porque o tempo exigido entre o trabalho de pesquisa, a pesquisa bibliográfica, a coleta de documentos e dados, e a redação do texto em si, levam meses de preparo. Talvez alguns consigam fazer em menor tempo, porém geralmente são pessoas que já tem anos de experiência no preparo de teses.

Por outro lado, se a pessoa leva mais de três anos para desenvolver uma tese há algum problema nos seus estudos, que provavelmente ela escolheu um tema errado, que está além da sua capacidade de escrever e precisa melhorar. Ou então está tentando dizer tudo que existe no mundo em sua tese, sem se atentar ao que é principal e mais importante, e assim dessa maneira vai levar anos escrevendo.

Imperioso ressaltar que um bom estudioso foca e delimita o que é importante, dessa maneira não só você evita de se perder no meio da redação, como também se atém aos limites, apresentando algo claro e definido. Ou, ainda, uma pessoa que leva mais de três anos escrevendo uma tese pode estar sendo vítima de uma neurose de incapacidade, na qual a pessoa tenta escrever e não consegue, larga de lado, e quando vai retomar novamente a redação, acaba por não conseguir, entrando em uma depressão.

  Como Conseguir Auxílio Para Uma Tese de Doutorado?

Bem, se mesmo com todas essas dicas você está com dificuldade de elaborar uma tese não tem problema, nós podemos te ajudar a fazer uma. Nós temos especialistas que te ajudarão a escrever sobre diversos assuntos, se você tem algumas dúvidas, vamos te ajudar a respondê-las:

  • Quanto custa uma tese de doutorado: bem, entre em contato conosco que um especialista te ajudará sobre isso, a depender da sua necessidade;

  • Onde conseguir comprar uma tese de doutorado: entre em contato, nossos especialistas te ajudarão da melhor forma para resolver seu problema.

  Estrutura de Uma Tese de Doutorado - ABNT

Velha conhecida nossa as normas da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, estão presentes em todas as estruturas de estudos acadêmicos, afinal as produções acadêmicas ficam disponíveis para acesso de outros estudiosos, dessa forma organizar a sua estrutura é imprescindível, assim como observar a metodologia da sua tese de mestrado. Por isso vamos te ensinar como montar uma tese. 

  Elementos Externos

  Capa

Essa é a primeira parte da escrita, ela serve como um cartão de visita, uma capa bem feita causa uma boa primeira impressão, e a consequente vontade do leitor ver o restante do seu trabalho. Na capa é importante destacar o nome da instituição localizada na primeira linha, e o título do seu texto bem no centro da página. Deve constar o nome do autor do trabalho, e nas últimas duas linhas o local em que a publicação foi realizada e o ano em que foi entregue o trabalho.

As margens da capa, e de todo o resto do trabalho devem de 3 (três) centímetros no topo e à esquerda da folha e de 2 (dois) centímetros abaixo da folha e à direita. O texto que estiver na capa deverá ser centralizado.

  Lombada

Essa parte vem após a capa para trazer informações que identifique o autor do texto dissertativo argumentativo, nessa parte é aconselhável que você busque informações na sua instituição de ensino de como fazer. 

  Elementos pré-textuais

Folha de Rosto A folha de rosto possui as características semelhantes a da capa, acrescentando nela algumas informações em formato de uma nota, no meio da folha, depois do título e acima dos dados que virão logo abaixo.
Aprovação Essa parte é disponibilizada pela secretaria de forma padrão para todos os alunos, algumas universidades mudam uma besteira ou outra em sua folha de aprovação, mas ela contém os espaços para os nomes dos professores da examinação e suas notas, bem como o fato de se você foi aprovado ou não.
Dedicatória A dedicatória é um elemento opcional e ocupa uma folha própria, devendo estar escrita quase no final da folha alinhada a esquerda. Esse elemento serve como forma de mencionar agradecimento a alguém que te auxiliou.
Agradecimentos Essa folha vem logo após a dedicatória, nela você poderá tecer seus agradecimentos a quem foi importante para você.
Epígrafe Esse elemento é opcional, nada mais é que uma citação seguida pela autoria, porém essa citação tem que ter relação com o assunto tratado no trabalho. Na hora de fazer essa parte observe as normas da ABNT.
Resumo

Nessa seção você irá fazer uma explicação sucinta e genérica do conteúdo da tese de doutorado. De acordo com as normas ABNT, a palavra “resumo” deve ser centralizada na folha. Depois, você irá elaborar um texto conciso e objetivo, descrevendo o assunto abordado no corpo do artigo.

Ele deve ser estruturado contendo uma introdução, o objetivo, o método, os resultados e sucintamente as considerações finais. Deve então pular mais dois espaços duplos e escrever as palavras-chaves, essas palavras servem para facilitar a busca do seu trabalho por outras pessoas.

Resumo em Inglês

Além do resumo apresentado acima, pede-se que ele seja apresentado também em outro idioma, e o mais usado é o inglês, também conhecido como abstract, nessa parte você irá pegar seu resumo original e traduzir completamente para o inglês. Esse elemento existe para facilitar a identificação do seu texto acadêmico por pesquisadores de outras línguas.

Há também quem solicite que esse resumo seja redigido em espanhol, que leva a nomenclatura de resumen.

Sumário É nessa seção que você descreve a paginação da construção de uma tese, citando em qual folha vai encontrar qual texto. Fazendo com que o leitor encontre as informações que deseja de forma mais fácil e rápida. Essa parte é melhor ser feita após todo o trabalho estar pronto.
Lista de Ilustrações Essa seção funciona como a do sumário, só que aqui você vai colocar não em qual folha vai achar o texto, mas sim em qual folha vai encontrar as ilustrações. Esse elemento só deve ser usado se na tese houver ilustrações.
Lista de Tabelas Essa seção também se assemelha a um sumário, e também não é obrigatória, ela só deve ser utilizada se você fizer uso de tabela de dados, se não utilizar ela não precisa ser inserida no texto.
Lista de Abreviaturas e Siglas Um ponto diferente das listas anteriores é que esta não apresenta paginação. Todo trabalho acabamos utilizando abreviaturas e siglas nele, como muitas vezes não dá para mencionar o seu significado no corpo do texto, esse espaço serve para isso, faça uma lista das abreviaturas ou siglas em ordem alfabética.
Lista de Símbolos É o mesmo contexto aplicado nas abreviaturas e siglas, por vezes não dá para mencionar o significado de algum símbolo no corpo do texto, por isso é feita uma página para explicar a quem estiver lendo o que significa aquele símbolo utilizado, um exemplo para explicar o símbolo °C para Graus Celsius.

  Elementos Textuais

Passado os elementos pré-textuais, vamos discorrer sobre os elementos textuais, ou seja, aqueles que se encontram dentro do corpo do texto em si.

  Introdução

A primeira parte começa com a introdução, que deve ser dividida em capítulos para os distintos tópicos. O título deve estar inserido na primeira linha, após a palavra introdução pula-se um espaço de 1,5cm antes começar a escrever o texto. No sumário a numeração vai seguindo de 1.1, 1.2 e por aí vai. As margens aqui continuam a de todo trabalho que é de 3cm em cima e a esquerda, e 2cm à direita e abaixo.

  Desenvolvimento

Passada a introdução, chegou a hora de escrever o desenvolvimento da tese, as normas estabelecidas aqui pela ABNT são as mesmas utilizadas em todo o corpo do trabalho, ou seja, em todo os elementos textuais, esse capítulo deverá começar em uma folha distinta. É nesta seção que você trará toda opinião argumentativa, então capriche nessa parte e a divida em capítulos que facilite o entendimento do conteúdo.

Nessa seção o referencial teórico também deve estar incluído, se trata de uma explicação sobre o objeto do estudo. Outro ponto a ser incluído é o percurso metodológico, no qual você vai descrever o método da pesquisa de forma objetiva e clara, para que com essas informações o estudo possa ser repetido por outro pesquisador, essa parte será utilizada para descrever todas as informações acerca do conteúdo da pesquisa, descreva qual material você utilizou, que instrumento utilizou, se é que utilizou, qual foi o procedimento utilizado para coletar dados e como foi feita a análise desses dados depois de colhido, explique tudo com bastante descrição.

Outro ponto a ser abordado aqui, se trata dos resultados, é muito importante que os resultados sejam bem expressados, de forma sistemática possibilitando o entendimento dele pelos demais. Nessa esteira, o aluno deverá trazer também a discussão, a qual trará uma interpretação dos resultados considerando a revisão crítica da literatura, após pegará esses dados encontrados e fará um comparativo deles com a bibliografia utilizada na pesquisa.

Nesse momento é feita uma verificação se os pressupostos que o aluno imaginou foram alcançados, se os objetivos conseguiram ser atingidos, fazendo um apanhado de todo o percurso elaborado na pesquisa, descrevendo também as limitações encontradas. 

  Conclusão

Essa seção como todas dos elementos textuais deve começar em uma página própria, é nela que você trará toda a conclusão dos argumentos trazidos no corpo do texto, por isso capriche na conclusão. Esclareça o conteúdo de forma clara, cronológica e estruturada.

  Elementos pós-textuais

Após os elementos textuais, que é o corpo do texto em si, teremos os elementos pós-textuais que como o nome já indica são os elementos que vem após o texto.

  Como referenciar tese de mestrado e doutorado ABNT

Nesta seção, vai ser listado todos os trabalhos citados ou mencionados na tese. Todo o texto da tese de mestrado pronta , as referência também, a qual preceitua que elas devem ser feitas em ordem alfabética. E como citar tese de doutorado e de mestrado na ABNT? Se a sua intenção é citar outras teses de doutorado, elas são referenciadas como as citações de livros, artigos e páginas da internet. 

  Glossário

Essa seção é opcional, nela é apresentada em ordem alfabética os termos técnicos, palavras especiais ou que o significado ficou obscuro ao longo do texto, acompanhadas dos seus significados.

  Apêndices

Essa seção é utilizada com a finalidade de complementar a argumentação, mas também é opcional.

  Anexos

Aqui entram textos ou documentos que não foram introduzidos na fundamentação, mas que servem para comprovar ou ilustrar a pesquisa.

  Índice

Elemento opcional, que traz nomes de pessoas ou entidades, de assuntos ou títulos, devem ser ordenadas em forma alfabética que localiza e remete para informações contidas no texto.

Após a elaboração da parte escrita a tese será defendida para uma banca examinadora que avaliará a apresentação do candidato podendo conceder ou não o título de doutor. Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para vocês. Um abraço e até a próxima.

O que é a MyStudybay.com.br

  • Mais de 15 anos de experiência na assistência de redação acadêmica
  • 100% de escrita original
  • Avaliação de cliente de 97%
  • 24/7 FREE customer support via phone and email
  • Política flexível de descontos
  • Serviços VIP disponíveis
  • Todos os temas disponíveis

Atividade do site de hoje

Preparando pedidos
Preparando pedidos
676
Pedidos concluídos
Pedidos concluídos
389
Escritores ativos
Escritores ativos
163798
Revisores
Revisores
129
Programas de desconto disponíveis para clientes
Programas de desconto disponíveis para clientes
6
Avaliações de Clientes
Avaliações de Clientes
55
Operators online
Operators online
12

What we offer

FREE features in every project

grátis

Desconto total: $65

  • Resumo$5
  • Correções*$30
  • Página de título$5
  • Bibliografia$15
  • Formatação$10

Formato

Todos os formatos são disponíveis

Nossos descontos

Preço especial $5 /página

Avaliações de Clientes

 user icon

Mestre Luiz, um ótimo escritor: pontualidade, profissionalismo e inteligência... Recomendo muito...

Está sem tempo para fazer seu trabalho? Fique tranquilo, o fazemos para você. Temos especialistas tanto para trabalhos escolares quanto para dissertações de mestrado/doutorado

Consiga ajuda com qualquer tipo de trabalho