Como escrever um ensaio acadêmico e científico: exemplos e modelos de gênero textual

Publicado em 18.07.2024 por Grazielly de Souza Santos. Tempo de leitura: 8 minutos

Muitos alunos de graduação e pós-graduação podem ter algumas dúvidas sobre como fazer um ensaio acadêmico ou científico. Afinal de contas, trata-se de um gênero acadêmico específico e, por isso, requer uma atenção especial com relação a sua estrutura e conteúdo. Neste artigo, vamos falar sobre como produzir um ensaio acadêmico, as principais definições, a diferenciação deste com o artigo científico, algumas dicas e modelos para que você tenha referências na hora de elaborar o seu texto.

Precisa de ajuda urgente com seu projeto?
Qualidade garantida, correções gratuitas em até 20 dias, pague agora ou em parcelas até 12 meses

O que é um ensaio científico ou acadêmico?

Também conhecido como ensaio crítico acadêmico, é uma modalidade de texto utilizado na universidade, em que o autor escreve sobre as suas impressões acerca de determinado assunto de sua área de atuação.

É responsável por expor os pensamentos de um autor sobre um tema em específico ou de uma produção acadêmica sobre um tema específico. Não se trata, portanto, da apresentação de uma descoberta por parte do autor, mas sim sua interpretação e análise sobre um assunto. A proposta aqui é gerar reflexões sobre um tema, o qual não é inédito.

Podem ser apresentados em congressos científicos ou publicados em revistas científicas, conforme o tema e a linha editorial dessas instituições. Para que isso ocorra, o ensaio literário deve ser bem escrito, ter uma boa argumentação e contribuir para a ampliação de discussões. Além disso, o ensaio deverá estar adequado à formatação definida pela instituição.

Características do ensaio acadêmico

Características do ensaio acadêmico

Entenda as principais características contidas em um ensaio acadêmico na StudyBay. Foto: unsplash.com.

Além da dúvida sobre o que é um ensaio acadêmico, os alunos do ensino superior costumam também ter dúvidas a respeito da diferença entre o ensaio e o artigo científico. Apesar de algumas similaridades, sobretudo no rigor à formatação e a uma estrutura metodológica de escrita, o ensaio possui peculiaridades que o diferenciam dos demais trabalhos acadêmicos.

Os ensaios científicos têm, como sustentação principal, elementos teóricos, sejam eles livros acadêmicos, artigos científicos ou periódicos. A partir de trabalhos científicos, o ensaísta compila aquilo que poderá ser útil.

No entanto, a exigência por aprofundamento é menor do que um artigo científico (entre cinco e oito páginas), o que permite uma escrita mais experimental e subjetiva do autor, por uma argumentação pautada em experiências, reflexões ou opiniões do que em um artigo científico.

A originalidade da interpretação, por meio de argumentos que defendem um ponto de vista, pode trazer o diferencial ao ensaio. O leitor, além de apresentar genuíno interesse, pode desenvolver uma opinião crítica sobre o tema.

Como fazer um ensaio científico e acadêmico

Com o intuito de trazer uma base da estrutura, para que você possua uma maior noção de como realizar o ensaio, iremos apresentar como fazer um ensaio acadêmico passo a passo.

Capa de um ensaio acadêmico

Normalmente, a capa de um ensaio acadêmico possui o nome do(s) autor(es), a sua instituição de origem e o título do ensaio. Este título deve ser coerente com o tema e deve atrair a atenção do leitor, desenvolvendo interesse na leitura das ideias contidas no ensaio acadêmico.

Resumo

Nesta seção, o autor deve fazer um breve resumo analítico sobre as principais ideias, para reforçar a reflexão que será realizada ao longo das páginas. O resumo deve ser breve (entre um e dois parágrafos).

Introdução

A introdução pretende deixar claro ao leitor qual o caráter do texto, ou seja, qual o objetivo e qual será a sua estrutura de análise sobre a temática. A introdução prepara o leitor para a seção "desenvolvimento", no qual estará, de fato, o conteúdo mais original do ensaio acadêmico.

Desenvolvimento

O desenvolvimento visa apresentar a contribuição do autor para a reflexão do tema escolhido, através da sua visão. Além de fazer uma revisão das referências bibliográficas que pautaram sua análise, o autor elabora a sua argumentação, usando informações e dados para justificar seu posicionamento na fundamentação.

Nesse sentido, ainda que o escritor tenha um caráter mais livre dentre os gêneros acadêmicos, para possuir relevância, a modalidade requer do autor embasamento teórico e um fluxo lógico de apresentação dos argumentos.

Conclusão

Após o desenvolvimento, o autor deve concluir o seu texto, fazendo uma exposição e corroboração das suas principais ideias em uma finalização coerente com o problema proposto no início do documento. A conclusão possuir tamanho do tipo sucinta, não contendo informações adicionais ou fugindo da reflexão principal do texto.

Referências bibliográficas

O autor deverá incluir nesta seção todos os textos e respectivos autores que contribuíram para a pesquisa e a reflexão contida no texto. Ordene as referências em ordem alfabética (nome dos periódicos e sobrenomes dos autores dos livros e artigos científicos), constando todas as citações realizadas ao longo do ensaio e as bibliografias utilizadas.

Formatação ensaio acadêmico

A formatação de um trabalho acadêmico é extremamente importante. Dá possibilidade possuir uma boa avaliação pelos examinadores e dar a eles a impressão que você se preocupou em estudar o assunto. A formatação é tão importante que ela pode até mesmo determinar se você irá ser aprovado ou não.

Ideias e dicas para um bom ensaio acadêmico e científico

Ideias e dicas para um bom ensaio acadêmico e científico

Verifique ideias para o desenvolvimento do seu ensaio. Fonte: Pexels

O ensaio acadêmico e científico é uma forma de escrever ensaios cujo objetivo é divulgar pesquisas. A maioria dos ensaios acadêmicos e científicos é escrita por estudantes e professores.

Para possuir boas críticas e possa ser considerado pela comunidade científica, é importante que o aluno atente-se para alguns pontos:

Atente-se à norma culta da língua portuguesa Escrever um trabalho científico na norma culta é uma forma de mostrar a comunidade científica e a sociedade, que o autor possui os conhecimentos necessários para produzir uma pesquisa. A escrita precisa ser clara, sem erros ortográficos.

Assim, o objetivo do ensaio é fornecer uma visão geral da pesquisa que foi desenvolvida. Deve ser escrito na forma padrão culta para que possam ser lidos por pessoas da academia, mas sem exageros técnicos.

Seja original Em sua pesquisa bibliográfica, avalie se o tópico que você deseja abordar ainda não foi explorado por outros autores em outros textos. Se não, converse com os seus professores que atuam nessa área de conhecimento e pergunte se a sua ideia tem o potencial de se tornar um bom ensaio. Se já há outro ensaio temático, avalie se existem outras possibilidades de argumentação diferentes e mais criativas, de forma a realmente contribuir para o debate acadêmico.
Explore outras referências Mesmo que seu assunto vá em determinada direção teórica, faça leituras de textos alternativos sobre o tema. Essa pluralidade de pontos de vista pode dar mais riqueza à sua argumentação e blindá-lo na ocorrência de possíveis críticas.
Leia ensaios de outros autores Familiarize-se com a escrita acadêmica e a modalidade ensaio por meio da leitura de outros documentos desse mesmo gênero. Essa atividade pode ser bastante enriquecedora na aquisição de vocabulário técnico e de persuasão para a defesa da sua opinião, mas lembre-se de incluir as normas da ABNT para ensaio acadêmico.
Escolha uma instituição alinhada ao seu ensaio Se você tiver interesse em submeter um ensaio para uma seleção de ensaios de um congresso acadêmico ou revista científica, preste atenção no gênero do conteúdo já publicado por essas instituições e avalie se seu trabalho está coerente com a linha teórica apresentada por eles. Essa reflexão é importante para que o autor não perca tempo submetendo textos para locais que não irão publicá-los, focando assim em publicações que podem querer receber seus ensaios.
Procure aprender com seus erros Use uma possível avaliação negativa para reavaliar a estrutura do seu texto ou mesmo a forma de abordar o tema. Pode ser que tais considerações o ajudem a lapidar o seu ensaio e torná-lo ainda mais eficiente para futuras submissões.

Exemplos de ensaio acadêmico e científico

Exemplos de ensaio acadêmico e científico

Verifique exemplos e obtenha uma visão geral de como fazer o seu ensaio. Fonte: Pexels

Para que a estrutura de um ensaio seja melhor compreendida, é importante que o aluno tenha acesso à visualização de variados tipos de documentos dessa natureza antes de elaborar um ensaio acadêmico.

Por meio de um exemplo de ensaio acadêmico pronto, o futuro ensaísta pode avaliar quais são os pontos que devem ser desenvolvidos na introdução, como fazer a elaboração de suas ideias no desenvolvimento e como organizar suas conclusões na estrutura, através do modelo de ensaio acadêmico.

Seguem abaixo alguns exemplos de ensaio científico pronto:

Exemplo ensaio científico e acadêmico sobre educação Jayr Figueiredo de Oliveira
Ensaio acadêmico pronto sobre racismo Katia Paim
Exemplo de ensaio acadêmico sobre leitura Ruben Klein, Nilma Fontanive, Sônia Elizabeth Bier, Mariza Abreu
Ensaio acadêmico pronto sobre educação superior Hellen do Socorro de Araújo Silva

Guia vídeo: como fazer um ensaio acadêmico

Precisa de ajuda com o seu ensaio?

A Studybay conta com um time de profissionais experientes na elaboração de trabalhos acadêmicos, das mais diversas áreas do conhecimento e em todos os tipos de gênero textual ensaio acadêmico. Além disso, nossos trabalhos são totalmente originais, sendo checados por meio de uso de ferramentas anti-plágio e todos os direitos serão reservados ao demandante do trabalho.

Portanto, se você necessita de um ensaio científico e acadêmico pronto, entre em contato agora mesmo com a nossa equipe. Informe seus dados pessoais e todas as informações sobre o tema, formato e prazo do ensaio teórico a ser realizado para que possamos fazer uma proposta alinhada à sua necessidade.

Perguntas frequentes

Como construir um ensaio acadêmico?

Para construir um bom ensaio acadêmico, é importante seguir a estrutura padrão, colocar a formatação segundo as regras da ABNT e realizar uma análise de exemplos de ensaios acadêmicos, se possível, similares com o tema que irá escrever, para facilitar a noção da estruturação, e saber como fazer um ensaio teórico.

Qual é a estrutura de um ensaio acadêmico?

A estrutura de um ensaio acadêmico, é composta por: capa, resumo, introdução, desenvolvimento, conclusão e referências bibliográficas.

Quantas páginas deve ter um ensaio acadêmico?

Normalmente, um ensaio acadêmico apresenta de 5 a 10 páginas.

Qual a diferença entre ensaio e artigo científico?

A principal diferença é que em um ensaio acadêmico, é que em um ensaio, possui como elemento principal o material teórico, de modo que o aprofundamento é inferior ao de um artigo científico.

Como fazer a capa de um ensaio acadêmico?

Para fazer a capa de um ensaio acadêmico, deve conter inicialmente o nome do(s) autor(es), a instituição e o título.

Checklist

Precisa de ajuda urgente com seu projeto?
Qualidade garantida, correções gratuitas em até 20 dias, pague agora ou em parcelas até 12 meses
Grazielly de Souza Santos

Autora do Studybay

Meu nome é Grazielly, sou advogada, pós-graduada em Direito Digital e Proteção de Dados pela Escola Brasileira de Direito. Possuo grande experiência com produção de conteúdos acadêmicos.

Avaliações dos usuários:

5/5 (11 votos)