Carta de apresentação para o currículo: modelo pronto para emprego

Publicado em 24.06.2022 por Juliana N. Tempo de leitura: 19 minutos

Se você está prestes a elaborar uma carta de apresentação para faculdade para solicitar bolsa de estudos, ou até mesmo uma carta de apresentação para emprego no mercado de trabalho, saiba que confeccioná-la pode ser mais fácil do que você imagina. Ainda mais depois de ler nosso artigo. Aqui além de encontrar mais explicações sobre o assunto, você encontra também um exemplo de carta de apresentação pronta. Dessa forma, prepare o caderninho de anotações e veja o artigo abaixo. 

Você vai encontrar aqui:

Calculadora de Preço

Nós temos os melhores preços, veja por si mesmo!

Nosso Preço R$14 R$9 🔥

O que é uma carta de apresentação

Сarta de apresentação é um material escrito enviado junto ao currículo, quando o candidato se inscreve em um processo seletivo, sendo uma das opções de entrega o endereço eletrônico, na seção “trabalhe conosco” ou quando se inscreve em sites de emprego.

As cartas de apresentação têm o objetivo de apresentar o candidato com mais detalhes, o foco é vender seu peixe, reforçando suas particularidades e, deve conter os pontos positivos, qualidades e vivências que fazem o candidato ser qualificado para a vaga. Ela é um complemento ao curriculum e não um resumo dele.

Dessa forma se está precisando de inspiração encontre abaixo um modelo de carta de apresentação pronta, seja para estágio supervisionado, ou uma descrição pessoal, o modelo básico irá auxiliar você.

Porque escrever uma carta de apresentação em 2022

A primeira impressão é a que fica, então como ignorar esse ‘prólogo’, quando ela tem tanta importância? Cada ponto de contato com os recrutadores é fundamental para poder passar suas melhores características. Ou seja, não é apenas na hora de ser entrevistado que você deve se preocupar, o processo começa muito antes.

Porque escrever uma carta de apresentação em 2022

Fonte: unsplash.com

Afinal, você vai enviar um currículo e com ele pode ser solicitado outro documento, a carta de apresentação. Ela funciona como um bate papo com o encarregado de escolher o novo especialista. É onde vai passar aquela primeira impressão, mostrando de que forma você se encaixa perfeitamente na empresa.

Escrever uma boa carta de apresentação de empresa ou pessoal, pode ser muito vantajoso para os candidatos, pois permite mostrar aos recrutadores suas experiências com mais clareza, além de ter informações complementares ao currículo. Isso acontece através da demonstração de casos de sucesso ou compartilhamento de ideias.

Outro ponto positivo é que na carta o candidato pode mostrar porque se interessa pela empresa e como pode colaborar por meio de suas habilidades, adquiridas no último emprego em seus estudos ao longo dos anos. Claro que para isso acontecer você deve ter feito uma pesquisa básica antes, ou até mesmo se aprofundar no tema.

O documento dá destaque para o currículo e é determinante para o empregador escolher uma opção. Ao escrever uma carta personalizada você mostra dedicação, aumentando a sua fiabilidade. Consequentemente, aumenta muito a sua oportunidade de entrar.

Siga essas regras básicas, sempre com atenção ao propósito. Existem alguns tipos mais comuns, que exigem assim dum desenvolvimento diferente, a depender do perfil de cada leitor. Veja quais são:

De resposta a um anúncio Esse é certamente o tipo mais comum, onde reativamente, a pessoa responde a um anúncio já feito. Neste caso, demonstre a sua vontade de participar.
Proativamente Sabe aquela instituição que você está de olho faz tempo? Então, esse tipo de documento é enviado de forma proativa, junto ao currículo, para tentar conseguir um emprego, uma chance de entrar.
Apresentação acadêmica pronta para networking Outra forma de utilizar essa poderosa ferramenta é enviar para sua rede de contatos. Assim, todos os que já trabalharam com você e conhecem suas qualidades e potencial, vão saber que está aberto ao novo, em busca de recolocação.
Enviada por e-mail Algumas empresas pedem ou aceitam uma carta de apresentação enviada por e-mail, é o mesmo conteúdo, mas escrito no corpo do e-mail ao invés de um arquivo em anexo. Claro que também pode acontecer dentro de alguma ferramenta de recrutamento, seja ela própria ou terceirizada.
Apresentação de funcionário Esse tipo é bem utilizado quando ocorre transferência de funcionários entre empresas, fazendo com que a necessidade de apresentar as habilidades de cada um se faça presente. É normalmente entregue antes deles chegarem, já preparando a todos sobre suas principais necessidades e características.
Comercial Empreendedor procurando parceiros também pode elaborar o documento, mostrando suas capacidades e habilidades. Funciona da mesma forma que o pessoal, porém visa demonstrar os dados da empresa e, talvez dos sócios, a depender da inteção e motivação do documento.
Para submissão de artigo Em caso de artigo científico para uma revista, não se envia necessariamente o currículo, mas sim uma breve apresentação. Dessa forma, fica mais fácil conseguir expor as qualidades do investigador, provavelmente em uma página ou parágrafo, falando sobre o mesmo.

Como criar uma carta de apresentação

Sim, a aparência conta muito e deve esta sempre relacionada ao tipo de trabalho que você está buscando. Aposte numa carta simples, com uma fonte padrão e aparência básica. Você pode escolher um modelo de carta de apresentação pronto no Word ou Google Docs ou então baixar um modelo pronto, existem diversos disponíveis. Se preferir faça do zero, usando o formato A4 mesmo.

Como criar uma carta de apresentação

Fonte: unsplash.com

Escolha uma fonte padrão, normalmente as usadas são Arial ou Times New Roman, com um tamanho entre 11 e 12. Atente-se a cor também, deve ser básica, o ideal é que seja preto ou cinza. Claro que você vai pesar alguns fatores essenciais para essa escolha, como a cultura da organização, abertura a novidades e flexibilidade.

Inclusive, algumas áreas mais criativas, como publicidade, design e fotografia, aceitam cartas menos tradicionais, o que não quer dizer que não vá ser profissional. Você pode se aventurar mais no formato e nas cores, extrapolando o senso comum e imprimindo sua personalidade, não apenas na parte escrita, mas também na aparência.

Siga o tamanho ideal

Cartas de apresentação muito longas são cansativas e fazem o recrutador perder o interesse, além de demonstrar que você não consegue destacar suas qualidades. Ou seja, passe as informações essenciais, sem perder a linha narrativa.

Da mesma forma, se for demasiadamente curto não cumpre o propósito de te apresentar e mostrar sua aplicabilidade. Na realidade, fica parecendo que não quis nem mesmo se dar o trabalho de escrever, levando a uma passada de olho com menos interesse no seu histórico profissional.

A estrutura ideal tem apenas uma página e entre três e quatro parágrafos no máximo. Também não é recomendável que os parágrafos sejam muito longos e todos devem ser fluidos, profissionais e passarem a mensagem com eficácia.

Use uma linguagem formal e sem falhas

É importante lembrar que sua carta de apresentação para currículo é um documento e deve ser tratado como tal, sempre com o melhor uso da língua portuguesa (ou do idioma no qual é escrita). Isso quer dizer que não deve apresentar problemas semânticos e ortográficos. Além disso, não use linguagem muito informal e menos ainda gírias.

Se necessário, consulte um dicionário para verificar a ortografia correta, busque no Google ou peça o apoio de profissionais especializados em revisão e escrita de carta de apresentação, como a MyStudyBay

Você também pode usar o dicionário de sinônimos para evitar repetir palavras. Lembre-se que você deve demonstrar profissionalismo e respeito ao escrever a sua carta de apresentação. Outra dica, existem na internet diversas ferramentas que verificam a ortografia dos textos. Aproveite essa ajuda, mas não confie totalmente.

Use uma linguagem formal e sem falhas

Fonte: unsplash.com

Por fim, revise várias vezes e, se puder, peça para outras pessoas lerem também. Ou melhor, contrate um profissional para te ajudar pelo menos com a primeira e depois, você vai adaptando a cada vaga ou cargo pretendido.

Leve em consideração a empresa e o tipo de vaga

Conforme já dissemos, tudo bem se você utilizar outras cartas ou até modelos da net para basear a apresentação sobre sua carreira profissional. A estrutura será sempre a mesma, no entanto, tente não usar uma carta de apresentação pronta para copiar, isso deixará sua carta muito genérica e desinteressantes para o time que irá fazer a análise de muitas outras, junto com a sua.

Certamente não há problema algum você reutilizar trechos de cartas que você já escreveu ou até mesmo reescrever ideias encontradas em modelos, porém, você precisa adaptar e incluir informações que sejam relativas à vaga para qual você está se candidatando. Claro que deve fazer isso sempre com foco em demonstrar suas qualidades e aptidões.

Você deve mostrar que estudou sobre a vaga e sobre a empresa. Dizer porque acredita que pode ocupar o cargo e demonstrar que você pesquisou e leu sobre a empresa. Além disso, é importante mostrar que conhece bem os serviços ou produtos oferecidos e que está com os valores da organização.

Valorize a individualidade

Enviar uma carta padrão para várias vagas a princípio pode parecer boa ideia, porque facilita o trabalho, mas saiba que os recrutadores percebem. Os sinais de uma carta de apresentação padrão são claros, marcados pela impessoalidade, com apenas algumas palavras-chave alteradas e nenhuma sinergia com os valores da empresa contratante.

Obviamente, isso passa a ser percebido pelos responsáveis da empresa como falta de interesse e dedicação. Dessa forma, presumem que o candidato terá a mesma postura quando estiver trabalhando, prejudicando assim a sua possibilidade de conseguir melhores chances na tão sonhada vaga.

Por isso não faça uma só e mande para vários. Faça um cabeçalho direcionado à pessoa que vai ler o documento, busque saber o nome do gerente, diretor ou responsável pela vaga que receberá a carta de apresentação. Fale sobre o que te encanta na empresa e quais projetos ou produtos são os mais interessantes.

Assim, você deixa a sua escrita ainda mais personalizada e demonstra um cuidado a mais, além é claro da familiaridade com o ramo. Então, as vezes é bom investir mais tempo em qualidade do que está escrevendo, mandando para menos empresas e aumentando sua chance de ser chamado.

Aprenda a falar seus pontos positivos

Muita gente tem um pequeno sabotador dentro de si, que impede coisas básicas - e necessárias - como mostrar suas habilidades. Por vezes, ele fala mais alto do que deveria, empurrando a vítima para baixo. É importante saber como silenciar essa voz e começar a se ver em sua plenitude profissional.

Para isso, deixe claro quais são suas melhores qualidades, aquelas que você é fera e não tem competidor que se iguale. Cite coisas boas que já fez, tanto profissionalmente quanto em voluntariados. Mostre os seus valores que estão em concordância com os da empresa.

Conte uma história

Cada vez mais o storytelling está sendo usado para fazer a diferença na narrativa de pessoas e empresas. Seja para vender uma ideia, um produto ou o seu tempo (através de um trabalho), contar uma história faz o texto de apresentação ficar interessante e com mais chances de criar uma carta de apresentação que gere vínculos.

Você pode fazer isso através da sua jornada como um profissional da sua área, sempre valorizando os seus valores que mais ressoam com os da empresa. Mostre como cada passo - inclusive os erros - te levaram até onde você está hoje e como pretende caminhar no futuro.

Saiba como contornar sua falta de experiência ou habilidades

De forma alguma foque em coisas ruins em sua carta de apresentação. Afinal, para que falar de defeitos ou falta de habilidade e experiência, se o que você quer é mostrar o quanto seu perfil é bom? Se você ainda não teve muitas experiências profissionais, fale das certificações e estudos. Se não é o seu caso ainda, fale da sua vontade, facilidade em aprender e afins.

Para primeiro emprego, foque na sua formação acadêmica e o que o diferencia dos demais candidatos, se você tiver participado de alguma pesquisa ou projeto, feito iniciação científica, tenha sido representante de classe, organizado um evento, e o que mais destaque o seu perfil.

Veja o que fazer e o que evitar em cartas de apresentação:

O que fazer O que não fazer
  • Releia sua carta de apresentação, agora com um olhar mais técnico, revisando o que for necessário.
  • Usar o mesmo texto para todos os processos seletivos, sem revisar ou adaptar.
  • Pense na parte visual também! Escolha um design adequado à posição ou tipo de trabalho que está aplicando.
  • Não se importa com a aparência, o foco para você é único e somente o conteúdo.
  • A carta de apresentação profissional é complementar e não um clone do currículo.
  • Copiar trechos do currículo ao longo do texto, ignorando as dicas que demos nesse artigo.
  • Coloque suas redes sociais profissionais e portfólios na área de contatos, tornando mais fáceis os processos de contato.
  • Tanto no currículo quanto na apresentação, colocar redes sociais pessoais e informais, não as profissionais e que possam chamar a atenção dos recrutadores com seu conteúdo.
  • Nunca coloque o número do seu documento e outros contatos, além dos profissionais, no texto da apresentação.
  • Colocar não apenas dados profissionais, mas também pessoais, inclusive os mais sensíveis como CPF, ao longo do texto bem como no currículo.

Como fazer uma carta de apresentação para conseguir a vaga

Já está dominando o assunto? Então é hora de partir para a prática, pois vamos ensinar como fazer uma carta de apresentação pessoal.

Apresente-se Esse é o seu primeiro contato, então é claro que precisa se apresentar primeiro. Mas, como fazer isso sem ficar parecendo bossal ou diminuindo suas características. Pode até parecer complicado, mas acredite, é possível. Além do seu nome e o motivo que o levou a escrever a carta de apresentação, fale também de forma rápida, sobre suas qualidades para o cargo. É como um resumo do que virá depois.
Fale sobre sua experiência Novamente, não é uma questão de vaidade, mas sim de mostrar que você é absolutamente capaz de exercer determinado papel. Dessa forma, quando narra sua jornada de crescimento, conquistas, resultados e aptidões, fica mais fácil te reconhecer como profissional adequado. Então nada de falsa modéstia e pode até listar suas experiências no ramo.
Mostre que tem os requisitos Muito além de citar experiências, é importante que você procure mostrar quais são os requisitos solicitados que estão relacionados às suas próprias qualidades. Em outras palavras, deixe claro que você é exatamente o que procuram, com boa parte das características esperadas. Por isso é importante adaptar seu documento, pois muitas vezes, o que é importante para uma empresa, não necessariamente é para outra.
Explique como você pode contribuir Agora que você já disse quais são as suas qualidades, características e os requisitos que farão a diferença para a instituição, é hora de colocar a coisa na prática. Liste ou procure explicar de forma lógica e fluida, os meios e ferramentas que te tornam apto a resolver o problema em questão. Ou seja, como é que sua presença vai contribuir
Personalize a sua carta Por mais que você opte por usar um modelo de carta de apresentação, é essencial que vá além, extrapole o que está escrito. Afinal, você não quer parecer somente mais um, certo? O mais correto a se fazer nesse caso, é personalizar, ou seja, dar a sua personalidade ao documento, fazendo assim com que se torne algo completamente novo e, o mais importante, direcionado ao trabalho que está almejando.
Seja claro Não fique procurando palavras complicadas ou dando voltas para parecer que tem muito conteúdo. Vá direto ao ponto - claro que de forma solícita e educada - e procure passar sua mensagem com clareza. Assim, mesmo que seja uma oportunidade em área técnica, a pessoa recrutadora terá mais condições de apreender o que está sendo dito, aumentando consequentemente as suas chances.
Pesquise sobre a empresa Prove que conhece detalhes sobre o posicionamento, missão, visão, valores, serviços e demais informações importantes, isso conta ponto a favor. Demonstra que você se interessa, mas utilize somente os dados que sejam relevantes, criando uma dinâmica narrativa entre suas próprias subjetividades e o que é esperado no local.

Vídeo explicativo sobre cartas de apresentação

Você já entendeu como é a carta de apresentação, agora é só se aprofundar mais, fortalecendo sua presença nos processos seletivos em qualquer empresa ou setor. Veja esse vídeo para complementar a informação como criar breve apresentação sobre sua carreira profissional:

Estrutura da carta de apresentação em 2022

Precisa seguir uma estrutura ao ser elaborada, com uma sequência de informações que serão abordadas. Essa estrutura é considerada a melhor opção pelos recrutadores, pois facilita a leitura e agiliza o processo. Então, é importante segui-la ao fazer a sua. Primeiro, é preciso destacar que a carta deve ter no máximo uma página e 3 ou 4 parágrafos.

Veja como as informações aparecem:

Estrutura da carta de apresentação em 2022

Fonte: MyStudyBay, feito no Canva

Detalhes da estrutura do texto

Uma boa e breve apresentação da sua carreira profissional precisa estar personalizada, ter uma redação bem escrita. Dois aspectos importantes são: iniciar com uma saudação cordial, como “Prezado (a) destinatário…”ou outra expressão de respeito. Seja formal e sem falhas gramaticais, visando encantar e convencer quem vai ler, mostrando que está pronto para isso.

Comunique qual é a vaga, mostre entusiasmo e compatibilidade. Em seguida, apresente os argumentos que vão convencer seu leitor de que é a melhor escolha, combinando perfeitamente com o esperado. Que tal colocar isso em forma de lista? Pode funcionar para o seu caso.

Finalize buscando reforçar o porquê de te escolher e se coloque a disposição, sempre sendo gentil e polido. Dá uma olhada nos modelos preparados que assim fica mais fácil visualizar a lógica.

Um modelo de carta de apresentação

Para você conseguir visualizar melhor como é uma boa carta de apresentação para trabalho, separamos um exemplo de carta de apresentação pessoal, simples e objetiva, que cumpre a estrutura recomendada.

Veja o exemplo de carta de apresentação para primeiro emprego pronta, você pode ainda aproveitar a carta do último emprego e atualizar informações, caso esteja precisando montar um texto de apresentação pessoal para mestrado, poderá modificar algumas coisas e solicitar a um professor que assine ou escreva uma carta pessoal falando sobre você.

Um modelo de carta de apresentação

Fonte: Estágio Treinee

Como devo escrever uma carta de apresentação para estágio, bolsa ou intercâmbio

A estrutura é a mesma e a maioria das dicas acima se aplica, mas existem algumas orientações extras para finalizar, confira:

Estabeleça seus objetivos Normalmente as instituições exigem que o aluno defina seus objetivos para a vaga em questão. Para isso faça um rascunho com todas as metas que você tem para o futuro, depois selecione as que são mais atrativas compatíveis e com a vaga. Isso vai ajudar você a definir melhor os seus objetivos e como a vaga pode ajudar você a atingi-los.
Seja autêntico A carta é o espaço que você tem para mostrar sua personalidade, sua motivação, sua inspiração e seus interesses. Seja sincero e mostre o porquê você quer essa na oportunidade, mesmo que você não tenha experiência ou nunca tenha feito um estágio, foque no que você é e pretende.
Destaque seus pontos fortes Fale sobre alguma experiência interessante, sobre um hobby, um talento ou outros aspectos da sua vida que podem chamar a atenção do avaliador.
Seja direto É importante que a sua carta responda o que está sendo solicitado pelo avaliador, faça isso com linguagem clara, completa e sucinta. Tente não enrolar e colocar informações que não agreguem ao descrever o seu perfil.
Faça um rascunho e reescreva quantas vezes forem necessárias Sim, escreva, apague, reescreva, comece de novo. Faça isso até você conseguir escrever uma carta eficiente, que seja adequada para o que você está se candidatando e que esteja correta gramaticalmente. Revise quanta vezes forem necessárias e peça ajuda de outra pessoa para ler e dizer o que acha.
Aprenda a escrever sob pressão Pode ser que peçam para você escrever a sua carta de apresentação com um prazo muito curto, às vezes de um dia, nessa situação não deixe que o desespero para entregar te atrapalhe. É preciso organização, separar alguns minutos para ter ideias, depois dedicar mais um tempo para escrever um esboço, separar algumas horas para escrever a carta e por fim mais algumas horas para revisar e fazer a versão final.

Falhas que você deve evitar na sua carta de apresentação

É seu primeiro contato com o seu potencial empregador, por isso é preciso ter muita atenção na hora de escrevê-la. Além de usar as dicas dadas, preste atenção para não cometer os seguintes erros:

  • Escrever uma carta de apresentação muito curta, que acaba no primeiro parágrafo;
  • Criticar seu potencial empregador, o setor de recursos humanos e a empresa;
  • Contar histórias desnecessárias, pessoais ou não;
  • Usar frases sem sentido ou estranhas;
  • Usar algum tipo de modelo pronto de carta de apresentação simples, sem personalizar o texto de apropriadamente;
  • Apresentar qualificações irrelevantes;
  • Errar o nome da empresa ou do recrutador;
  • Falar sobre preferências pessoais;
  • Fazer piadas.

Cometer algumas das falhas citadas acima pode prejudicar a sua candidatura e eliminar você do processo seletivo, então para evitar que isso aconteça, fique atento.

Quais são os melhores modelos de carta de apresentação?

A carta de apresentação segue um modelo, então separamos alguns bem legais para usar como embasamento.

Carta de apresentação para Jovem Aprendiz e recepcionista:

Os melhores modelos de carta de apresentação

Fonte: MyStudyBay, feito no Canva

Quais são os melhores modelos de carta de apresentação

Fonte: MyStudyBay, feito no Canva

Podemos ajudar com sua carta de apresentação

Apesar de parecer simples muitos profissionais com anos de experiência, podem encontrar dificuldade para escrever a sua carta de apresentação. Isso é comum, pois precisa ser muito bem redigida para passar a melhor imagem possível do candidato. Muitos não conseguem se descrever da melhor maneira.

Se essa for a sua situação saiba que podemos ajudar! Temos excelentes profissionais que saberão traduzir suas vantagens em palavras, criando um conteúdo que chame a atenção e te dê destaque. Entre agora em contato e fale com nossos consultores!

Perguntas frequentes sobre carta de apresentação

O que escrever na mensagem de apresentação do currículo?

Sua carta precisa ser apresentada corretamente, sendo um meio de mostrar melhor suas capacidades. Dessa forma, apresente um conteúdo que cative os recrutadores, mostrando que você é a escolha certeira para a posição. Evidencie suas capacidades, casos de sucesso e experiências positivas no ramo. Seja profissional, mas encante com uma narrativa rica e que engaje. O storytelling é uma ferramenta riquíssima e pouco utilizada, aproveite!

Сomo começar uma carta de apresentação?

Entre nossas dicas, você encontra também modelos para produzir um conteúdo incrível para impressionar os recrutadores. Muito diferente do currículo, que se pode utilizar uma ferramenta para construção, na vez do seu conteúdo, precisa ser profissional e mostrar sua carreira corretamente. Para conseguir esse resultado, comece sua apresentação de modo leve e profissional, apresentando primeiro quem é você, como soube da vaga e o que mais gosta na empresa. Assim, o recrutador vai saber de uma vez por todas, que você pesquisou e está dedicado a ser um profissional daquela instituição.

Como fazer uma carta de apresentação online?

Da mesma forma que você pode enviar seu currículo via plataforma ou e-mail, também pode ser que precise enviar seu conteúdo profissional online. Nesse caso, é essencial pensar na forma como isso pode te favorecer. Que tal utilizar hiperlinks, que levem ao seu portfólio ou projetos importantes na sua jornada profissional? Também é importante entregar seus modelos em formato PDF, pois uma vez salvo assim, o conteúdo não pode ser alterado. Consequentemente, seu perfil profissional será mantido intacto, assim como acontece com os currículos.

Quando deve usar a carta de apresentação?

Sempre que entregar um currículo, é interessante enviar também o outro arquivo, afinal, ele é um complemento imprescindível, já que ajuda a compreender tudo o que você construíu ao longo dos anos, como formou seu nome no mercado, melhorando a possibilidade de receber a devida atenção. Agora que já domina a arte de surpreender com a sua escrita profissional, lembre-se de falar com nossa equipe se precisar de ajuda e sempre reler tudo o que foi escrito, para deixar tudo na maior perfeição possível.

O que escrever na carta de apresentação?

As cartas de apresentação servem para falar um pouco mais de si em um processo seletivo de vaga de emprego, ou até mesmo para ingressar no mercado de trabalho, como um complemento do currículo, relatando uma experiência que é importante, mas que não é comportada em um currículo comum, ademais, pode ser utilizada em um processo seletivo de faculdade, curso e muito mais. Por vezes não costuma ser uma exigência no processo seletivo, mas é de suma importância. Descreva todas as experiências e coisas pessoais que não cabem no modelo de currículo comum, permitindo que o recrutador conheça um pouco mais de você.

Como iniciar uma carta de apresentação?

O modelo de carta de apresentação pronta deve ser iniciado com uma pequena contextualização sobre si próprio, para que o recrutador tenha a oportunidade de conhecer melhor sobre o candidato, não apenas a experiência que ele tem em relação ao trabalho, mas a experiência que tem de vida, coisas que estudou ou trabalhou e que não comportam no currículo, devem ser colocadas na descrição. Não precisa de título, mas caso queira colocar deverá verificar as normativas ABNT para tal.

Como fazer uma carta de apresentação em inglês para LinkedIn?

A carta de apresentação pronta em inglês é elaborada da mesma forma que a em português, com exceção, obviamente do idioma que é modificado. Descreva um pouco mais a experiência que você tem que não consta no currículo, reconheça a necessidade que a empresa tem e informe porquê você é o ideal para a oportunidade.

Como fazer uma carta de apresentação convincente?

As cartas de apresentação convincentes devem iniciar informando a vaga de emprego ou outra oportunidade a que se pretende concorrer, depois deverá relatar brevemente sobre si, dando oportunidade ao recrutador de te conhecer melhor e, por fim, informando o que você pode agregar a empresa.

Checklist

Obtenha ajuda em qualquer tipo de projeto

A partir de R$3 / página

Juliana N

Autora do Studybay

Meu nome é Juliana, sou Bacharel em Filosofia pela IFCH e pós-graduada em Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp. Tenho experiência grande com artigos, trabalhos acadêmicos, resumos e redações com garantia antiplágio.