Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO ENSINO DA ENFERMAGEM Desafios e Limitações, TCC, Enfermagem

Id tarefa
4292
Disciplina
Tipo
Criado
10 de fevereiro 2019
Concluído
12 de fevereiro 2019
Preço
R$ 667,00
Tenho problema com Enfermagem. Encomendo urgente até enfermagem. Tem só 2 dias Título do pedido «EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO ENSINO DA ENFERMAGEM Desafios e Limitações».
crowd
Houve
15 ofertas
RafaelCorreagimenes
O usuário contratou o escritor
Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho
Ou pode comprar esse trabalho....
RafaelCorreagimenes
Páginas: 32
R$ 667,00
browser surf
Não gostou do trabalho?
Converse com os melhores especialistas
e tenha seu projeto realizado no prazo
Encomendar o trabalho novo

A Enfermagem vem se apropriando desta modalidade de ensino em seus cursos de graduação e de pós-graduação, o que tem proporcionado interatividade e o conhecimento de novas tecnologias pelos profissionais. Sabe-se que os desafios são inúmeros porque o tempo gasto no planejamento, publicação e aplicação de um curso na modalidade EAD é muito intenso se comparado a um curso convencional. Por conseguinte, exige maior dedicação e conhecimento do tema e da tecnologia a ser utilizada. No presente estudo buscaremos desvendar, a partir de artigos referentes ao tema na literatura atual, quais são os principais desafios e limitações que permeiam a educação da Enfermagem a Distância. Este estudo se faz necessário devido ao surgimento exponencial de instituições que oferecem esta modalidade de ensino, s Mostrar todos
A Educação a Distância (EaD), modalidade de educação efetivada através do intenso uso de tecnologias de informação e comunicação (TICs), em que professores e alunos estão separados fisicamente no espaço e/ou no tempo, está sendo cada vez mais utilizada na Educação Básica, Educação Superior e em cursos abertos, entre outros.
Para aqueles que estão acostumados com o formato de aula com lousa, giz, quadro negro e carteiras, Educação a Distância (EaD) pode trazer à memória os gibis com anúncios de cursos por correspondência. Essa foi a característica da primeira geração da EaD: a educação por correspondência, na qual os principais meios de comunicação eram guias de estudo impressos, com exercícios enviados pelo correio.
Dados mais recentes do Censo da Educação Superior, coletados em 2016 e publicados no segundo semestre de 2017, também apontam que mais de 18% das matrículas no ensino superior são em cursos a distância, alcançando a marca de 1.494.418 em 2016.
Em 2006, o percentual de participação da modalidade era de apenas 4,2% do total de matrículas. Apesar de o número absoluto de estudantes ingressantes em cursos de graduação presencial (2.142.463) ainda ser superior ao da educação a distância (843.181), o número de matrículas variou positivamente.
Ainda de acordo com o Censo, o estudante típico da modalidade é do sexo feminino, estuda algum curso de licenciatura na rede privada e tem, em média, 27 anos.
Segundo o Decreto, "as atividades presenciais, como tutorias, avaliações, estágios, práticas profi Mostrar todos
ABED, Associação Brasileira de Educação a Distância. 2013. Censo EaD.br 2013: Relatório analítico de aprendizagem a distância no Brasil. Disponível em: . Acessado em 12 de maio de 2016.

ALMEIDA, MEB. Formando professores para atuar em ambientes virtuais de aprendizagem. In: ALMEIDA, F. J. (Coord.). Projeto Nave, educação a distância: formação de professores em ambientes virtuais e colaborativos de aprendizagem. São Paulo: [s. n.], 2001. p. 79-82.

ALVES, J.RM. A História da EaD no Brasil. In: LITTO, Fredric M.; FORMIGA, Marcos. (orgs). Educação a Distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Education, v. 1. p. 9-13, 2009.

ALONSO, KM. Formação de professores em exercício, educação a distância e a
consolidação de um projeto de formação: o caso da UFMT. 2005. Tese (Doutorado)
Faculdade Mostrar todos
StudyBay é uma plataforma de freelance. Todos os trabalhos apresentados no site são enviados por nossos usuários que tenham concordado com regras d a colocação de trabalho no site e ter todos os direitors autorais necessários para esses trabalhos. Baixando o trabalho, você concorda que ele não será apresentado como o seu próprio, mas será usado apenas como um exemplo ou fonte, com a referência obrigatória para a autoria do trabalho. Se você é o proprietário dos direitos autorais e considera que este trabalho é postado aqui sem a sua permissão - por favor preencha o formulário e nós removemos o trabalho do site. Preencher os campos
Avaliamos em 10 minutos de graça
Não gostou do trabalho?
Compare as ofertas dos melhores especialistas e escolha o de sua preferência
Fazer um pedido