Parabens! R$10 serão adicionados ao seu saldo depois de registração

Como fazer uma crônica, o que é uma crônica - guia pronto

Como fazer uma crônica em 2021? Este guia pronto mostra as faces e responde o que é uma crônica você está no lugar certo. Saiba mais sobre as crônicas que existem e porque ela é tão usada. Entenda que definir temas para crônica pode ser mais fácil do que se imagina. Sendo assim você vai poder escrever boas crônicas. Podemos te ajudar de pronto e agora.

Dessa forma, você busca crônicas para escola? E temas para crônica? Ou quer saber crônica significado? É aqui mesmo. Em conclusão, as características de uma crônica terão uma explicação didática com linguagem informal. Sendo assim você vai entender o sentido das crônicas mais usadas e sanar as suas dúvidas.

Acima de tudo sabemos que a crônica, independentemente dos modelos de crônica, é uma classe de texto que está presente na imprensa atual. Fique próximo ao gênero textual crônica em 2021. Saiba também que o autor mais popular no Brasil é Machado de Assis, mas existem outros que você vai conhecer no decorrer da leitura.

Desde já exibo um grupo social de cronistas: Clarice Lispector, Millôr Fernandes, Carlos Drummond de Andrade e Nelson Rodrigues. São tantos nomes de renome que daria uma lista enorme. Só por aqui é possível perceber o quão marcante foi e ainda é gênero textual crônica no Brasil.

Contudo, grandes cronistas já se foram, mas deixaram um legado incrível. Dessa maneira outras crônicas e autores surgiram. Como José Simão, um cronista que caiu no gosto popular, muitos os conhece. O mesmo se dedica à crônica humorística. Porém, saber o que é crônicae seu legado no Brasil é entender uma parte do momento passado da nação. É conhecer a formação de suas ideias e como ela era e ainda é expressa.

Nesse sentido sua escrita pode ir além do que se quer. Em outras palavras, há diversos modelos de crônica. Como por exemplo: crônica jornalística, crônica descritiva, narrativa crônica e textos crônicos. O objetivo deste artigo é fazê-lo um bom perito sobre esse modelo de trabalho. Do mesmo modo você será capaz de escrever uma crônica e atrair cada vez mais leitores.

Como funciona

Estudante cria o pedido

Estudante cria o pedido

Escritores dão ofertas

Escritores dão ofertas

Estudiante contrara o escritor

Estudiante contrara o escritor

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

Calculadora de Preço
Nós temos os melhores preços, veja por si mesmo!
Data de entrega
Especifique quando gostaria de receber o projeto do especialista. Deixe mais alguns dias se precisar que o mesmo seja revisado. Você terá 20 dias de garantia para solicitar quaisquer revisões, gratuitamente.
Páginas
Palavras
+
Nosso Preço
Nosso preço é calculado com base em dados estatísticos retirados das ofertas do escritores da Studybay
Preço dos concorrentes
Nós coletamos e analisamos dados da média de preços oferecidos pelos websites concorrentes
R$ 0 MELHORES PREÇOS
R$ 0
Submeter o projeto

A seguir você vai aprender como fazer uma crônica. O que significa crônica, já que ainda há equívocos a respeito. Bem como qual a definição de crônica no sentido mais clássico.

São perguntas que todos têm ao estudar esse assunto. Escrever uma crônica jornalística é simples, basta seguir as regras. A narração é muito usada hoje. Crônica narrativa pronta é como se define as crônicas atuais, pois estão em vários lugares, desde revista à jornal.

Não só nesse meio, mas em sala de aula, site ou como amostra de produção de texto crônica 5o ano. Mesmo que não seja um texto de crônica jornalística completo, faz uso de elementos e histórias da crônica. Em conclusão, contar histórias na ordem em que ocorrem. Pense que irá escrever uma crônica sobre um relato e dar a esse relato o seu olhar. Isso vai ajudar a definir o tema para a sua obra. Abaixo segue o passo a passo que você deve usar de apoio para criar a escrita sobre o tema.

  1 - Como fazer uma crônica? Defina um tema

Em primeiro lugar defina o tema. Uma vez claro você pode dar início a escrita. Pode ser sobre qualquer fato, evento que tenha uma linha de tempo seguida para ser contada. Fazer uma escrita de como chegou a tal fato ou conclusão.

  2 - Expresse sua opinião

Logo depois escreva o texto e pode expor sua opinião. Conte o fato no tempo em que ocorreu, nunca se esqueça disso. Use a mente, conte o fato através do seu olhar e o que sentiu no ocorrido.

  3 - Não invente

Conte o fato, mas não invente. Não deixe sua criação fluir a ponto de distorcer o fato. O texto deve ter tom cômico e afins, mas o fato tem que ser real.

  4 - Tamanho da crônica

O tamanho do texto varia muito. Seja como for, deve ser do tamanho de um livro ou uma crônica pequena. Curtas crônicas são as mais lidas nos dias atuais, pois quase ninguém quer ler muito. Nas mídias o que ganha espaço são os textos curtos. Pois prende a atenção do público.No geral, esses textos são vistos como textos curtos que relatam fatos na ordem que ocorreu.

Do mesmo jeito, o tamanho do texto depende do local que deseja usar como mídia para atingir o seu público. Caso seja um livro, o tamanho deve ser bem maior que um texto casual. Caso seja impresso em jornais e revistas o tamanho diminui muito, em torno de 2.000 palavras, por exemplo.

  5 - Revise

Por último leia o texto de novo, corrija erros e mude algo caso não faça sentido alguma sentença. Só relendo o texto você pode ver falhas para corrigir o que precisa. Pronto, agora seu texto está feito.

  O que é uma crônica

Crônica: Significado

Essa modalidade de texto surgiu no Brasil a partir do século XIX, surgiu da junção entre literatura e jornalismo. Antes do século XIX era um escrito sobre fatos da história de modo cronológico. Eram casos do dia a dia com certo impacto na sociedade. Nesse texto há uma breve reflexão.

Em resumo, eram fatos reais da história. Após esse período passaram a fazer uma reflexão sobre a vida social, cotidiano e política de uma nação ou grupo. Sendo assim, para entender melhor, antes do século XIX os tipos de crônicas serviam para contar feitos notáveis. Depois passou a relatar fatos do cotidiano.

Por fim, relata um evento de acordo com o seu tempo temporal. Isso a difere de uma história. A definição de crônica é expressa em vários lugares, na literatura e no jornalismo. Em síntese, a definição de crônica é um texto narrativo curto e é impresso sempre em jornais, revistas e blogs.

Afinal de contas é uma forma de escrita simples, objetiva e que informa. No geral, todo mundo já teve contato com esse gênero literário e pode não saber, caso não conheça. Sendo assim, não pode faltar a resposta para a expressão uma crônica? Essa palavra vem do grego Chronos que significa tempo. Isso é o que significa crônica.

  As características da crônica ou texto crônica

Assim que conhecer os traços de uma crônica você deve começar a produzir um bom texto. O caráter da crônica narrativa pronta é diverso e são elas que fazem esse gênero ser tão popular e bem aceito. As principais características da crônica são:

  • Linguagem simples, informal e leve

  • Síntese

  • Fácil de entender

  • Textos curtos

  • Fala sobre o cotidiano

  •  No texto há poucas pessoas no fato

  • Tende a fazer críticas aos fatos e temas do dia a dia

  • Uso de temas de humor e sarcasmo

  •  Segue uma ordem temporal

  • Adapta a qualquer tempo 

Em síntese, todo o gênero desse modelo de texto consegue ser considerado inclusivo. Quanto mais você sabe sobre crônicas, mais vontade fica de escrever uma crônica. Tudo ao seu redor deve ser algo para escrever. Basta lembrar de fazer um relato de algum acontecimento do dia a dia na ordem em que foi.

Dessa forma, um exemplo simples e fácil de entender é falar sobre o clima. O próprio Machado de Assis escreveu como produzir uma crônica ao usar o tema calor. Sua obra sobre isso se chama “O nascimento da crônica”, vale a pena conferir a obra. Em resumo ele diz como falar cronologicamente sobre o calor que está fazendo e já cria o texto em sim.

  Tipos de crônica ou o que significatexto crônica

O cronista de forma normal escreve para mídias sociais e demais mídias para contar fatos ou assuntos em alta. Como em revistas, jornais e demais sites. Quem escreveu é quem define o modelo que mais lhe agrada para escrever. E você pode definir o modelo de crônica que melhor define o seu trabalho.

Ao passo que cada uma tem seu modelo específico. Conheça abaixo os principais modelos de crônica:

  • Argumentativa

  • Narrativa

  • Descritiva

  • Humorística

  • Jornalística

  • Dissertativa

  • Narrativo-descritiva

  • Lírica

  • Poética

  • Histórica

  • Ensaio ou ensaística

  • Filosófica

Vamos aos detalhes dos tipos de crônicas.

Texto Crônica narrativa

O que é crônica narrativa pronta? Como fazer uma crônica narrativa? É simples, consegue ser feita tanto na 1ª pessoa (eu) quanto na 3ª pessoal (ele) do singular. O autor narra o fato de acordo com a sua visão, em geral contém pessoas. Dessa maneira tem um ar crítico ou de humor. Um exemplo desse modelo é de Luis Fernando Veríssimo “Aprenda a chamar a polícia”.


Bem como são vistos os itens básicos para essa construção. Possui tempo, lugar, enredo e o foco narrativo.

Crônica argumentativa

Como fazer uma crônica argumentativa? Esse modelo é visto em mídias impressas. Uma das características da crônica em questão é que é igual a um artigo de opinião, mas há uma mudança bem tênue. O artigo de opinião baseia bem as opiniões dadas.

Neste caso a reflexão no final é uma das marcas características desse de texto. O texto “Tecnologia” de Luís Fernando Veríssimo é um exemplo clássico desse modelo.

Crônica descritiva

Uma das características da crônica descritiva é que nesta o escritor procura explorar os 5 sentidos e uso demasiado de adjetivos para contar o acontecimento cronológico. Usa muitas descrições físicas de pessoas, lugares e afins e possui uma linguagem dinâmica.


Bem como um exemplo de crônica descritiva é o texto “O mato” de Rubem Braga. Basta procurar na internet e terá o texto para fazer uma leitura.

Crônica humorística

Como fazer uma crônica humorística? Seja como for escrever uma crônica, em geral, usa o deboche e afins para falar sobre eventos do dia a dia de maneira a trazer uma reflexão. Texto assim é o mais usado bem recente. Assim sendo ajuda a dar o tom de humor ao fato. Manter a verdade em cima dos fatos é marcante para esse modelo.


O mais popular desse gênero é José Simão. Ele já escreveu em vários jornais pelo Brasil no qual critica comuns em crônicas com humor cínico.

Crônica jornalística

Nesse tipo há mistura de narrativas e razões para dar o tom certo ao acontecimento que o autor quer passar. Relatam fatos comuns ou notícias. Após a explicar os fatos, o leitor é levado a uma reflexão do que leu. Esse tipo de texto é visto em todos os jornais. Os artigos de jornais podem denotar uma crônica jornalística.


Apesar disso, por exemplo, os artigos de jornais contam uma história sobre um acontecimento de verdade de acordo com o seu tempo em que ocorre. Quem escreveu pode dar uma leveza a situação e usar figuras de linguagem para descrever o ocorrido.

Crônica dissertativa

Diferente da crônica jornalística, nesse tipo de texto o autor, para escrever uma crônica, expõe a sua visão sobre assuntos do dia de maneira clara. O texto pode estar em 1ª pessoa do singular ou 3ª pessoa do plural.

Crônica Narrativo-descritiva

Diferente da crônica jornalística, neste modelo de texto são vistos traços tanto de narrativa quanto de descritiva em uma mescla. Todavia sem esquecer que tudo é narrado com sequência temporal. Um site cheio de crônicas dissertativas é o “Velho Marujo”, são postados vários sobre vários temas. O texto “Brinquedos incendiados” de Cecília Meireles é um exemplo. Um bom lugar para aprender como escrever uma crônica.

Crônica lírica

Sua linguagem principal para contar o acontecimento é poética e usa itens que lembram e visa atingir o leitor. O conteúdo do texto serve para passar emoção do que aconteceu.

Crônica poética

Esta vem da literatura clássica. Em outras palavras pode ser formado em versos que conta um caso real. Neste caso é passado a comoção do cronista em relação ao evento.

Crônica histórica

Como o próprio nome diz, conta um fato distinto é elaborado em um espaço com pessoas e tempo. A sua linguagem é simples.

Crônica ensaio ou ensaística

A linguagem usada é de chacota para falar e criticar fatos da nação. Clarice Lispector escreveu algumas crônicas desse tipo.

Crônica filosófica

Esse modelo de texto é para fazer o leitor refletir sobre o acontecimento que se deu. Encerramos aqui a parte sobre os tipos de crônicas.

  Qual a função da crônica

Para aprender a escrever uma crônica, ou melhor, uma boa crônica, é bom aprender sua função. Ela tem a função de informar as pessoas sobre eventos atuais ou que se passou, reais. Isso vai depender do modelo de crônica o autor que usar para passar a sua mensagem. Em outras palavras, esse texto veio para ficar e dominar as mídias mesmo sem perceber. Ela comunica um acontecimento como um discurso direto com o leitor.

O ponto de vista do autor pode ser deixado ou não. Pode contar um fato de maneira branda ou dura. Pode ser usado texto curto para contar um fato de maneira rápida, caso não tenha espaço para escrever tudo. Seja como for isso não tira o dever de contar na ordem. O autor escolhe como repassar, se de forma jornalística, poética, dissertativa ou usar os demais gêneros. Contudo há formas de escrever crônicas para todos os gostos e públicos.

  Estrutura de uma crônica

Saber como elaborar uma crônica é também entender o seu sistema. Assim sendo é um fator importante para saber expor o que vai relatar. Todo texto para fixar no seu tipo deve ser escrito conforme seu estilo acima.

Isso facilita a sua identificação. E quem quiser escrever determinada literatura deve seguir o básico da regra. Segue abaixo a estrutura de uma crônica:

  • Introdução

  • Narrar o fato ocorrido no tempo em que aconteceu

  • Construir uma reflexão em cima do fato que foi contado

Através da estrutura básica e simples a imaginação pode criar asas e tudo ao seu redor vira motivo para escrever.

  Exemplos de crônica

Nada melhor do que ler grandes escritores brasileiros para conhecer na prática exemplos de crônicas. Por isso segue abaixo uma lista dos principais escritores de crônicas conhecidos no Brasil, procure o nome deles e vai achar uma boa crônica:

Infelizmente, nem todos estão vivos em 2021

Basta procurar no Google por crônicas desses autores e você terá uma enorme quantidade de textos para ler. Além disso os exemplos de crônicas você pode encontrar nos tipos de crônicas acima, há alguns exemplos de textos para leitura. É importante que você pesquise minuciosamente sobre cada ramificação das crônicas para enriquecer seus conhecimentos.

Do mesmo modo, cada autor tem sua forma de escrever por isso pode se encaixar em modelos diferentes de crônicas. Caso esteja procurando boas dicas para escrever uma boa crônica, uma das dicas essenciais é ler muitas crônicas dos escritores citados acima.

  Saiba mais sobre os cronistas

Por outro lado, conhecer sobre os autores de crônicas é entender o motivo pelo qual cada um escreve como escreve. Cada um coloca um pouco de si no seu texto e revela o que sente por trás de cada história. Veja abaixo dicas de cronista e dicas das principais obras dos mesmos:

  Machado de Assis

Nasceu no Rio de Janeiro em 1839, faleceu com 69 anos de úlcera na boca, uma espécie de câncer. Assim também foi um grande intelectual e um dos maiores escritores brasileiros. Era considerado afro-brasileiro. Foi casado com a culta Carolina Augusta Xavier. Não tiveram filhos, mas se dedicaram a uma cadelinha chamada Graziela. Seguem suas obras mais famosas:

  • Cartas fluminenses

  • Notas semanais

  • História de quinze dias

  • Ao acaso

  • O jornal e o livro

  • Aquarelas

  • A reforma pelo jornal

  • Comentários da semana

  • Círculo Vicioso

  • A uma senhora que me pediu versos

  • No alto

  • Um apólogo

  Clarice Lispector

Nasceu na Ucrânia, possui nacionalidade brasileira, em 1920 e faleceu com 56 anos devido a um câncer no ovário. Assim foi casada com Maury Gurgel Valente, um diplomata. Teve 2 filhos. Vivia em viagens com seu marido. Obras mais famosas:

  • Sim

  • Insônia infeliz e feliz

  • O vestido Branco

  • A inspiração

  • A tão sensível

  • Futuro improvável

  Carlos Drummond de Andrade

Autor conhecido por sua poesia. Nascido na cidade de Itabira no Estado de Minas Gerais, no ano de 1902 e faleceu com 84 anos devido a um enfarte do miocárdio. Foi casado com Dolores Dutra e tiveram 2 filhos. Em suma, o primeiro viveu apenas meia hora. Drummond escreveu uma obra chamada “A quem viveu meia hora”.

  • Crônicas famosas do autor:

  • O velho

  • Mãos dadas

  • Organiza o Natal

  • Presente para a Senhora

  • Alegria leve

  • Convite triste

  • A um ausente

  • Ausência

  • Ao amor antigo

  • Inconfesso desejo

  • Receita de ano novo

  • José

  João do Rio

Também conhecido como Paulo Barreto, nasceu em 1881. Faleceu com 39 anos devido a um enfarte do miocárdio fulminante. Não era casado e não havia namorada conhecida. Pelo contrário, haviam suspeitas de que ele era homossexual. Dessa forma em suas obras deve transparecer alguns traços que sugerem isso.

Foi também tradutor de algumas obras de Oscar Wilde para citar uma “O maldito”. Crônicas mais conhecidas:

  • A alma encantadora das ruas

  Nelson Rodrigues

Nasceu em 1912 em Recife e faleceu com 68 anos devido a complicações cardíacas e respiratórias. Casou-se mais de 1 vez e no total teve 6 filhos. Logo seguem alguns títulos que ele escreveu:

  • O escrete é nosso

  • Garrincha, passarinho apedrejado

  Vinicius de Moraes

Nasceu em 1913 no Rio de Janeiro e faleceu com 66 anos devido a um edema pulmonar. Casou-se mais de 1 vez e teve 5 filhos no total. Veja algumas obras mais conhecidas:

  • Para viver um grande amor

  • Para uma menina com uma flor

  Rubem Braga

Nasceu em 1913 no Espírito Santo e faleceu com 77 anos devido a insuficiência respiratória. Foi casado com Zora Seljan e teve apenas 1 filho. Alguns títulos abaixo:

  • Despedida

  • Não ameis a distância

  •  As boas coisas da vida

  • A outra noite

  • O pavão

  • O desaparecido

  • Meu ideal seria escrever

  • O padeiro

  • O boi velho

  • A navegação da casa

  • O cajueiro

  Luis Fernando Verissimo

Nasceu em 1936 em Porto Alegre e atualmente está com 84 anos. É casado com Lúcia Helena Massa e possui 3 filhos. Crônicas engraçadas do autor:

  • Incidente na casa do ferreiro

  • A metamorfose

  • Cuia

  • O homem trocado

  • Dois mais dois

  •  A foto

  José Simão

Por último, é o mais popular cronista da atualidade. Nascido em 1943 atuante até então, está com 76 anos. É muito conhecido por sua coluna Buemba!, Buemba!, na BandNews. É homossexual assumido e foi casado por 30 anos com um baiano, mas está viúvo. Não possui filhos. Alguns títulos que saíram em sua coluna no jornal:

  • Biden presidente! Luto no planalto! Bandeira a meio pau! Rarará!

  • A expressão ‘arroz com feijão’ foi proibida

  • Covid-19 toma cloroquina para se imunizar da família Bolsonaro.

  Curiosidades

Aqui vão algumas curiosidades a respeito do tema Crônicas.

  1. O livro “As Crônicas de Nárnia” de C.S. Lewis é realmente um romance.

  2. A boa crônica quando se iniciou bem antes de chegar ao Brasil era para relatar fatos históricos e até medievais. Com a imprensa ela acabou se enquadrando em folhetins e logo mais em relatos de acontecimentos cotidianos

  3. Pelos títulos dos textos acima descritos, é possível visualizar o cotidiano da época em que cada autor viveu. É possível acompanhar a evolução e mudança de uma sociedade inteira. É realmente impressionante olhar por essa lenta.

  4. O gênero textual crônica é o gênero de muitos escritores populares no Brasil

  Conclusão

Essa modalidade de escrita ganhou seu espaço nas mídias impressas e virtuais, pois é um texto que chega a todas as pessoas. Todos podem ler e entender as crônicas atuais. Embora os cronistas do passado tivessem uma linguagem erudita, hoje mudou. No mundo atual a inclusão é o lema e a boa crônica é digna de ser chamada inclusiva.

Atualizou o alcance da escrita e se infiltrou em todas as classes.

Através das crônicas deve-se acompanhar a evolução de uma nação da fala, texto e seuscomportamentos. Para ficar por dentro, não deixe de ler algumas obras dos clássicos cronistas que foram citados neste artigo. Vai ajudar a fixar o conhecimento e abranger o conhecimento. Acima de tudo tenha bons estudos sobre esse tema que é rico e muito rico de ser estudado.

O que é a MyStudybay.com.br

  • Mais de 15 anos de experiência na assistência de redação acadêmica
  • 100% de escrita original
  • Avaliação de cliente de 97%
  • 24/7 FREE customer support via phone and email
  • Política flexível de descontos
  • Serviços VIP disponíveis
  • Todos os temas disponíveis

Atividade do site de hoje

Preparando pedidos
Preparando pedidos
624
Pedidos concluídos
Pedidos concluídos
394
Escritores ativos
Escritores ativos
163798
Revisores
Revisores
120
Programas de desconto disponíveis para clientes
Programas de desconto disponíveis para clientes
6
Avaliações de Clientes
Avaliações de Clientes
59
Operators online
Operators online
12

What we offer

FREE features in every project

grátis

Desconto total: $65

  • Resumo$5
  • Correções*$30
  • Página de título$5
  • Bibliografia$15
  • Formatação$10

Formato

Todos os formatos são disponíveis

Nossos descontos

Preço especial $5 /página

Avaliações de Clientes

 user icon

Entregou trabalho no prazo, é muito educada, obtive uma boa nota.
 user icon

Super recomendo, entregou o trabalho antes do tempo previsto e com qualidade
 user icon

Escritora realmente profissional. Entregou o trabalho antes do prazo e com grande qualidade de detalhes e também de abrangência sobre o tema. Muito obrigado pela sua ajuda!!
 user icon

ótima escritora,atenciosa ,compreensiva e muito educada alem de ser uma excelente profissional .entrega antes do prazo ,eu super recomendo.
 user icon

Escritora confiável, cumpre sempre o horário estabelecido para atender o cliente. Com certeza indico!!
 user icon

Ótima escritora, recomendo bastante... Conhece bastante da área...

Está sem tempo para fazer seu trabalho? Fique tranquilo, o fazemos para você. Temos especialistas tanto para trabalhos escolares quanto para dissertações de mestrado/doutorado

Consiga ajuda com qualquer tipo de trabalho