Parabens! R$10 serão adicionados ao seu saldo depois de registração

Descubra Como Fazer um Artigo Acadêmico Pronto – Passo a Passo

Ao ingressar em uma Universidade, seja para cursar uma graduação ou uma pós-graduação, os estudantes escutam falar em artigo acadêmico, ou artigo científico que é um sinônimo de artigo acadêmico. Mas o que seria e como montar um artigo acadêmico? Ou que elementos compõem o artigo acadêmico: sumário, quais os tipos, capa, plano de negócios de artigo acadêmico.

É possível realizar uma resenha de artigo acadêmico? Se essas são as suas dúvidas, nós as esclarecemos aqui, neste artigo, mas que não é científico. Fato é que as universidades não tem somente como escopo transmitir conhecimentos, mas sim também contribuir para o progresso da pesquisa científica.

Dessa maneira, muitas vezes as universidades estão incentivando seus alunos a realizarem pesquisas, elaborarem artigos científicos e compartilharem suas descobertas para estudos posteriores e como forma de contribuição para o meio acadêmico, para avanço da ciência, bem como é uma forma de engrandecer o currículo de acadêmicos. Se você quer saber então como fazer um artigo acadêmico pronto, continue lendo para saber mais.

Como funciona

Estudante cria o pedido

Estudante cria o pedido

Escritores dão ofertas

Escritores dão ofertas

Estudiante contrara o escritor

Estudiante contrara o escritor

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

Calculadora de Preço
Nós temos os melhores preços, veja por si mesmo!
Data de entrega
Especifique quando gostaria de receber o projeto do especialista. Deixe mais alguns dias se precisar que o mesmo seja revisado. Você terá 20 dias de garantia para solicitar quaisquer revisões, gratuitamente.
Páginas
Palavras
+
Nosso Preço
Nosso preço é calculado com base em dados estatísticos retirados das ofertas do escritores da Studybay
Preço dos concorrentes
Nós coletamos e analisamos dados da média de preços oferecidos pelos websites concorrentes
R$ 0 MELHORES PREÇOS
R$ 0
Submeter o projeto

Bem, se você é daqueles que acha que qualquer artigo já é um artigo científico, está redondamente enganado meu amigo, e para evitar que você saia por aí perpetuando esse erro. Nós vamos te explicar o que é um artigo científico ou artigo acadêmico. Dessa forma, um artigo científico pode ser descrito como um trabalho acadêmico o qual apresenta resultados obtidos de uma pesquisa realizada com base no método científico, aceito por uma comunidade de pesquisadores.

Dessa forma, o artigo científico deve ser sistematizado porque obedece a modelos, normas e procedimentos próprios da ciência para permitir que esse conhecimento contribua para o desenvolvimento na pesquisa de determinada área. É justamente por isso que ao publicar o seu artigo alguns pesquisadores poderão confirmar ou contestar a sua produção, bem como os seus resultados, eles avaliam as informações, os métodos bem como as conclusões a que se chegou, podendo até solicitar análises adicionais. Além disso, um artigo científico deve ser confeccionado de forma descritiva. Ou seja, muitas vezes você tem que apresentar como determinado conhecimento foi formulado e proposto.  

Mas se mesmo depois dessa explicação você ainda está com dúvida acerca do que seria o artigo acadêmico, nós trouxemos aqui a definição apresentada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT, para que não reste nenhuma dúvida sobre o tema: um artigo científico é um texto autoral que aborda ideias, novos dados e constatações para ampliar os conhecimentos em determinada área de pesquisa.

Desse modo, podemos inferir que o artigo científico tem por escopo demonstrar as conclusões obtidas com uma pesquisa profunda. Vale ressaltar que os artigos acadêmicos são considerados importantíssimos pois contribuem para a disseminação e democratização do conhecimento, fazendo com que o trabalho de pesquisador seja divulgado e perpetuado para as demais pessoas terem acesso. Assim continue lendo para a gente te explicar como começar um artigo acadêmico.

  O que qualifica um Artigo Acadêmico Pronto?

Conforme já foi abordado, os artigos científicos têm por fito abordar os resultados de uma determinada pesquisa original, desenvolvida pelo autor deste. Ao terminar o seu estudo, o autor publica o conteúdo em revistas científicas, as quais possuem uma seção material destinada a essa finalidade, para assim os seus resultados serem discutidos no meio acadêmico.

Vale ressaltar que, como os artigos científicos são produções concisas, elas passam por um critério rigoroso de correção, para garantir que haja clareza e objetividade na publicação. Como regra geral existem três tipos de artigos científicos:

  1. Relato de pesquisa: através do qual o autor descreve seus procedimentos e apresenta seus resultados ao leitor;

  2. Relato de experiência: por meio deste o autor apresenta um procedimento, uma vivência ou até mesmo uma atividade, após o trabalho pronto, compartilha os resultados com o leitor;

  3. Revisão da Literatura: nesse aqui o autor pesquisa a produção sobre o tema.

  Para Que Serve Um Artigo Acadêmico?

Para que se tenha uma ideia de para que serve um artigo acadêmico, imagine se toda vez que você quisesse buscar conhecimento tivesse que comprar um livro, o compartilhamento de informações seria bem mais difícil e custoso, além de que novas informações iam demorar a chegar ao acesso de todos, pois teria o tempo de produção do livro, sua impressão, tradução e venda ao leitor.

Nessa ótica, os artigos científicos servem justamente para facilitar o acesso ao conhecimento, pois ao descobrir algo com a sua pesquisa o autor imediatamente publica em revistas científicas a sua descoberta e seus resultados obtidos, dando a oportunidade a outros estudantes e profissionais de se beneficiarem com seus estudos. Além disso, ao produzir um artigo acadêmico pronto há uma validação do conhecimento, pois o leitor das revistas científicas podem ter informações que confirmam as conclusões do autor, ou que a pesquisa deste comprove que aquela informação não é válida ou não se aplica a um determinado contexto.

Ao publicar uma pesquisa, cria-se a oportunidade de discutir sobre o tema, assim possivelmente outros estudiosos irão replicar a sua ideia e se eles obtiverem o mesmo resultado que você, a sua pesquisa será validada. Mas caso isso não aconteça podem ser encontradas falhas metodológicas e conceituais que levaram os estudantes a chegarem em uma conclusão equivocada. Por isso, esse tipo de discussão é tão agregadora no meio acadêmico.

Além do mais, ao publicar um achado válido em uma revista, você ganhará o crédito por ela, ainda que outras pessoas estejam tentando provar a mesma ideia, o primeiro que divulgá-la é quem leva o crédito, podendo ser você! Por isso aqui vamos te explicar como escrever um artigo acadêmico. 

  Qual a Importância de Escrever Um Artigo Acadêmico Pronto?

Nas universidades, sejam em cursos de graduação ou pós-graduação, os artigos científicos são a forma como pesquisadores e estudantespós-graduandos apresentam seus trabalhos e conclusões. É um dos principais métodos utilizados para compartilhar descobertas inovadoras e de interesse geral, além de agregar conhecimento através de discussão sobre a temática abordada.

Além disso, é muito interessante para o currículo do aluno universitário: agrega valor publicar um trabalho acadêmico, faz com que os estudantes dominem o assunto com profundidade, além de te ajudar a alcançar universos maiores ao facilitar o seu ingresso em programas de iniciação científicas e pós graduação. Bem como pode chamar a atenção de empresas que buscam inovação, criatividade e oportunidade de desenvolver ou melhorar seus produtos através de uma nova abordagem. Nesse texto, vamos te mostrar como escrever um artigo acadêmico, continue lendo.

  Como Fazer Um Artigo Acadêmico?

Se apesar de desejar saber escrever um artigo científico, você não faz ideia de como fazer um, já se descabelou, já olhou no google como faz um artigo científico acadêmico,tentou procurar modelo de artigo acadêmico, já rezou, já fez de tudo mas não conseguiu. Não se preocupe, seus problemas acabaram, nesse texto você vai encontrar todas as respostas de como fazer um artigo acadêmico passo a passo. Nos acompanhe.

  • Primeiro passo é delimitar a sua hipótese: em todas as áreas existem dúvidas sobre determinados assuntos, ou questões para as quais ninguém definiu uma resposta definitiva ainda, ou pode parecer um assunto que até mesmo ninguém sequer pesquisou. Dessa forma, você irá eleger o tema que tem afinidade, pesquisar referências bibliográficas para saber o que outros autores falaram sobre ele para se familiarizar, e após isso os estudantes vão trabalhar nesse tema até chegar a uma conclusão. Tenha em mente que a pesquisa se trata de descobrir a verdade, e não de comprovar a sua visão sobre o tema, cuidado com imparcialidades;

  • Segundo passo é escolher o tipo de pesquisa: há alguns tipos de pesquisas disponíveis, há também a possibilidade do autor apenas compilar as informações e os resultados obtidos já descobertas por outros autores. Ou seja, ele vai reunir em um só artigo os fatos que a comunidade científica já sabe sobre determinado assunto, artigos desse tipo recebem o nome de revisões bibliográficas. Apesar de parecer fácil esse tipo de pesquisa apresenta suas dificuldades, uma vez que não se trata apenas de copiar os trabalhos, os estudantes terão que de fato realizar uma pesquisa sobre os artigos publicados, excluindo aqueles que foram invalidados, trazendo aqueles que foram confirmados. Além disso, terá que apresentar os pontos chave em que você concorda ou discorda. Há também a pesquisa de campo, na qual os estudantes vão coletar dados por meio de entrevistas, formulários, questionários ou outras formas de levantar dados. A partir da coleta de novos dados, ele vai analisar as informações coletadas e identificar padrões confirmando ou refutando as hipóteses levantadas por ele ou que constam de artigos bibliográficos;

  •  Terceiro passo é saber mais sobre a revista que você pretende publicar: no Brasil, por exemplo, as revistas são promovidas por centros de pesquisa de universidades. Assim, se você estiver encontrando dificuldade peça a ajuda de um professor orientador para saber qual o melhor local para enviar seu material de escrita, tendo em consideração a credibilidade da revista e se ela oferece oportunidade a novos pesquisadores e trazendo novos dados. Após selecionar uma revista faça uma pesquisa sobre ela se o seu tema se encaixa nas temáticas que ela costuma trazer, como é o estilo de publicação deles, o formato de um artigo acadêmico e estruturas utilizados, assim se o seu trabalho estiver parecido com os demais apresentados, será mais fácil dele ser aceito;

  • Quarto passo é conhecer as diferenças entre estilos: são três estilos em geral: o informal, o jornalístico e o acadêmico. O estilo informal é aquele em que o texto pode parecer mais próximo do leitor através da linguagem coloquial, de gírias ou abreviações. O estilo jornalístico tem como escopo prender a atenção do leitor, demonstrando fatos e comprovando dados. Já no acadêmico o estilo de escrita é voltado a expor a opinião do autor, de forma imparcial. Uma dica é você procurar ler textos nesses estilos para se familiarizar;

  • Quinto passo é entender a diferença entre voz ativa e voz passiva: para começar explicando, vale ressaltar que a voz passiva tem como objetivo tornar o sujeito de uma sentença o objeto de uma ação. Já a voz ativa por sua vez é aquela em que o sujeito pratica uma ação sobre o objeto;

  • Sexto passo é se atentar à estrutura dos artigos acadêmicos: uma vez que você buscou saber mais sobre a revista que você vai publicar, você já se familiarizou com a estrutura dos artigos publicados nela. Então, estruture seu artigo baseado nela e no tipo de pesquisa que você desenvolveu. Geralmente a estrutura é composta por um resumo inicial, que deverá ser traduzido para outra língua, o inglês por exemplo e passa a se chamar então abstract de artigo acadêmico, algumas revistas muitas vezes exigem também esse resumo em espanhol, por isso é tão importante conhecer a revista que vai publicar. Além disso há uma introdução no artigo acadêmico, na qual você deverá trazer uma justificativa do por que essa pesquisa é relevante, podendo apresentar os problemas que frequentemente são causados pela ausência desse conhecimento, dentre outras coisas. Depois da introdução, a estrutura restante do artigo depende muito do tipo escolhido de pesquisa, por exemplo no artigo acadêmico se a sua opção for a revisão bibliográfica, deverá haver uma sequência lógica, além de comparações e análise de dados. Contudo, se a sua opção for a pesquisa de campo, você deverá descrever a metodologia utilizadas, os resultados alcançados, uma possível discussão e a conclusão que se chegou, utilizando para tanto de uma linguagem objetiva, que é própria do debate científico. Uma dica é observar se a revista informa quanto às normas da ABNT ou se a própria revista tem as suas normativas a serem seguidas;

  • Sétimo passo é verificar as normas da ABNT: ao escrever artigos acadêmicos sempre se deve atentar às normas estabelecidas pela ABNT, além disso torne a sua escrita objetiva, direcionar a sua escrita para o seu público-alvo vai te ajudar a captar a atenção do leitor. Outra dica é o cuidado com os erros ortográficos, leia e releia o seu trabalho quantas vezes forem necessárias, pois erros de gramática em artigos acadêmicos são intoleráveis;

  • Oitavo passo não divulgue dados ou análises falsas: em artigos científicos todos os dados precisam ser comprovados e têm que ter uma justificativa, por isso autentique tudo o que escrever. Além disso, se atente ao plágio, nada de pegar coisas de outros pesquisadores e sair escrevendo como se fosse seu, lembre-se sempre de dar crédito ao autor original.

Esperamos que esses passos auxiliem você a elaborar um artigo científico. Porém, se o seu objetivo de publicar em uma revista não for aceito logo imediatamente não desanime. Ao receberem os textos, as revistas encaminham esse material aos acadêmicos que fazem uma avaliação dele. Checam as fontes de pesquisa, os resultados encontrados, a argumentação que foi utilizada, e mais uma série de conteúdo escrito no estudo para verificar se a conclusão é confiável e se deve ser divulgada.

Pode acontecer deles rejeitarem o trabalho, mas isso não significa que a produção não é boa, muitas vezes a comissão entende que deve dar prioridade a publicação de outros assuntos no momento. Se isso acontecer, você pode procurar outra revista e oferecer seu trabalho. Pode ocorrer também de devolverem o estudo, solicitando que algumas alterações sejam feitas, então você vai alterar o trabalho e reenviar para eles dentro do prazo. Dificilmente as revistas aceitam o artigo logo na primeira vez que enviar, entender que tudo isso faz parte do processo e não desanimar é a chave do sucesso.

  Estrutura De Artigo Acadêmico

Trouxemos aqui uma estrutura básica dos artigos acadêmicos, para te mostrar como iniciar um artigo acadêmico, mas vale ressaltar que elas podem sofrer alterações com base no tipo de periódico em que for feita a publicação. Mas basicamente contém:

  Título

Escolher o tema para o trabalho é bem complicado, há uma infinidade de tema a depender da sua área, mas tão importante quanto delimitar o tema, é escolher um bom título para o estudo. O título deve ser o mais claro possível, deve fazer os leitores identificarem logo qual será o conteúdo abordado, e qual deve ser chamativo o bastante para que se interessem em ler;

  Identificação do Autor

Após o título, é posto o nome completo do autor ou autores, sua qualificação profissional, a qual instituição é vinculado ou a menção a qual universidade foi confeccionado o trabalho. O endereço eletrônico do autor principal, bem como a completa identificação dos autores do trabalho. Essas informações podem vir em uma capa de artigo acadêmico.

Um ponto a ser mencionado é o ID ORCID, ele funciona como um identificador digital único, ele é gratuito e contínuo, ajudando a diferenciar acadêmicos e pesquisadores, resolvendo problemas de ambiguidade ou nomes muito semelhantes. Ao submeter um artigo para um periódico talvez solicitem o código ORCID como um dado de identificação obrigatório.

Existe a possibilidade, ainda, de que seja realizado um sumário de artigo acadêmico, facilitando assim a localização de conteúdo pelo leitor.

  Resumo

Como fazer um resumo de artigo acadêmico? O resumo é a parte que antecede o trabalho em si, aqui você faz um resumo conciso do que irá tratar ao longo da produção, além disso deve conter os principais dados que serão abordados e algumas conclusões. O objetivo do resumo é permitir que os leitores conheçam o teor do trabalho sem ter que fazer a leitura integral do texto. Em geral, as publicações limitam o resumo a 250 palavras.

No resumo também pode ser classificado o trabalho que será realizado, além de disponibilizar o conteúdo pelas diversas publicações, favorecendo a mais ampla divulgação do assunto abordado ao longo do texto. Um ponto a ser ressaltado é que as publicações solicitam que o resumo seja também apresentado em inglês, o abstract.

  Palavras-chave e Keywords

As palavras-chave vem abaixo do resumo, e são focadas no tema do artigo, servem para indexar o artigo. Dessa forma, escolha palavras-chave que rapidamente traduzam sobre o que se trata seu texto. Normalmente são usadas até seis palavras-chave no artigo. 

  Introdução

Nessa parte vem a primeira parte do corpo do trabalho, ela deve ser escrita de forma clara e sucinta, descrevendo os objetivos do trabalho. Nesse passo, você vai introduzir quem estiver lendo ao tema da pesquisa, ao problema que vai ser estudado, os métodos utilizados, além de descrever o trabalho feito até o momento. Nesse espaço você pode também indicar os motivos que levaram à escrita do trabalho, além de descrever algumas informações que já existem sobre o tema.

Uma estrutura básica da introdução contém os antecedentes do problema em questão, a descrição do problema em si, pesquisa já realizada, a aplicabilidade e originalidade da pesquisa, e o objetivo que é o problema que você quer resolver com aquela produção. Vale a pena ressaltar, o cuidado para que a orientação não fique mais empírica do que teórica. Bem como para não ultrapassar os limites da introdução, incluindo trechos que poderiam ser adicionados na discussão.

Outra dica é o cuidado com detalhes excessivos para descrever estudos realizados anteriormente, e ainda para não se omitir de abordar estudos que são diretamente relevantes, e para não usar terminologia confusa e citações incorretas. Lembre-se que a sua produção será usada como objeto de estudo entre outros acadêmicos, por isso capriche no texto. 

  Os Materiais e os Métodos

Essa seção dos artigos vem logo em seguida à introdução. Nela deve-se transcrever os dados observados e a categoria desses dados, além dos métodos que foram utilizados para a coleta, registro e avaliação. Assim, ao fazer uma descrição minuciosa dos métodos que foram utilizados, os leitores obtêm detalhes dos dados no qual o artigo foi baseado.

Uma estrutura básica desta seção deve conter o local e condições experimentais, além de um delineamento e tratamentos feitos, o controle das condições experimentais, quais são as variáveis, além de uma análise estatística. O escritor do artigo científico, seja aluno de graduação ou pós-graduação, deve ficar atento ao elaborar essa seção; do contrário, pode parecer desatenção ou displicência para a avaliação ou replicação.

Outra dica é observar se não está dando descrições detalhadas de forma já padronizada e publicada. Além disso, se atenha para não deixar de explicar caso use análises adicionais e estatísticas não usuais, para não usar participantes muito heterogêneos e por fim para não incluir medidas que não foram validadas, ou que sejam de confiabilidade baixa ou desconhecidas. 

  Resultados

Todos os resultados obtidos deverão ser relatados de uma forma organizada e sistematizada, por exemplo, se você realizar uma observação de um objeto, você deverá trazer todas as informações sobre este.

Uma estrutura básica desta seção obrigatoriamente deve constar os resultados da análise estatística, as estatísticas descritivas como médias, desvio padrão e correlações, as estatísticas inferenciais. Além disso, o artigo deve relatar a significância e a amplitude dos dados observados, e as análises adicionais se houver.

Para este tipo de seção material evite usar tabelas e figuras complexas demais, que são incompreensíveis, não fique repetindo os dados ao longo do texto, nem nas tabelas e figuras. Vale o alerta de que se você prometeu apresentar dados, terá que os apresentar, nada de mencionar dados e depois não apresentá-los. Por fim, cuidado com a análise e estatística inadequadas ou inapropriadas. 

  Discussão

Aqui nesta seção você trará as observações de outros autores que se referem ao tema do artigo em questão e que podem ser descritas para comparação. Todos os resultados obtidos podem ser detalhadamente discutidos aqui e seus significados são apontados nesta seção.

Uma estrutura básica dessa parte deve conter o relacionamento dos resultados com as hipóteses. Além de trazer as interpretações que eram esperadas em contrapartida as alternativas, quais as implicações teóricas para a pesquisa e para a prática, se houve limitações para o estudo, e qual seria a aproximação com o estudo ideal. Além disso, deverá informar qual a confiança estimada das conclusões, a identificação de procedimentos metodológicos pertinentes aos resultados. E trazer as recomendações para pesquisas futuras.

Um cuidado a ser levado em consideração nessa parte é o de não repetir a introdução, nem os resultados, além do cuidado de não trazer uma discussão que não seja baseada nos propósitos do estudo. Mais ainda, o cuidado para não deixar de esclarecer as implicações teóricas e práticas dos resultados, de deixar as hipóteses não discutidas explicitamente. Uma dica é o cuidado com especulações não fundamentadas e para não fazer recomendações que não se baseiam na conclusão. 

  Conclusões

Nesta seção você fará um exame apurado sobre os resultados que você encontrou durante a realização da pesquisa, bem como quais as conclusões foram aferidas sobre esses dados. Essa parte deve ser escrita de forma clara e concisa, e se os resultados obtidos não forem inteiramente conclusivos isso também deve ser apontado.

  Referências Bibliográficas de Um Artigo Acadêmico Nas Normas da ABNT 

Nessa área dos artigos acadêmicos você deve mencionar quais foram as obras utilizadas para elaborar as pesquisas, sejam livros, artigos, revistas científicas, deve mencionar todas as obras utilizadas. Poderá trazer essas informações bibliográficas de duas formas, por ordem alfabética que é a mais utilizada, ou pela ordem em que essas citações aparecem no texto. A  ABNT diz que o modo de utilização é por ordem alfabética. 

Pensando na dificuldade que os alunos encontram com relação às normas da ABNT para artigo acadêmico, trouxemos aqui algumas especificações de como elas se aplicam nos artigos científicos. Vejamos as regras gerais:

  • Folha: deve ser branca em tamanho A4;

  • Fonte: a cor da fonte deve ser preta sempre, isso confere estilo formal ao documento, selecione a fonte arial ou times new roman pois são fontes formais. Se houver palavras em outro idioma deverá ser colocada em itálico, com exceção das palavras em latim como por exemplo ab initio, ex positis;

  • Margens: a margem superior deve ser de 3,0cm da borda superior da folha, a esquerda 3,0cm da borda esquerda da folha; a direita a 2,0cm da borda direita da folha, e a inferior de dois centímetros também;

  • Paginação: o número da página vem abaixo desta do lado direito, informando em qual página do texto o leitor se encontra, em algarismos arábicos e tamanho da fonte menor que 12. Vale ressaltar que a primeira página não leva numeração, mas é contada;

  • Espaçamento: este geralmente utiliza-se um centímetro e meio sempre.

  Artigos Prontos Para Te Auxiliar

Bem, se mesmo com as nossas explicações você não conseguiu desenvolver um artigo, não tem problema, você poderá solicitar auxílio em seu artigo pronto. Vamos responder alguns questionamentos que você possa ter:

  • Quanto custa comprar um artigo acadêmico? Ao entrar em contato conosco, teremos as melhores opções de artigos prontos que caibam no seu bolso, podemos também te oferecer auxílio na confecção, entre em contato.

  • Por que optar por comprar um artigo acadêmico no nosso site? Porque nós oferecemos uma variedade de temáticas que já estão disponíveis em nosso banco de dados, assim você receberá seu artigo com qualidade e rapidez.

  • Disponibilizamos os seguintes tipos de artigos acadêmicos e muitos outros mais: artigo acadêmico sobre autismo, artigo acadêmico em inglês, artigo acadêmico sobre saúde, artigo acadêmico sobre inteligência artificial, artigo acadêmico sobre direitos humanos, artigo de opinião acadêmico, artigos acadêmicos de administração, artigo acadêmico sobre liderança.

Portanto, não esquente a cabeça, nem arranque seus cabelos, se você está com dificuldade de escrever seu artigo entre em contato com a gente, e solicite seu artigo.

  Temas Para Artigos Acadêmicos

Para te ajudar nesse passo importante que é a escolha de temáticas, nós trouxemos aqui algumas sugestões as quais você pode se basear para escrever:

Exercícios Físicos e Osteoporose

Centro de Terapias Holístico

Desenvolvimento de Funções Motoras na Infância

A Força da Sentença da Justiça Desportiva

Atividade Física Durante a Gestação

A Lei de Responsabilidade Fiscal e o Combate À Corrupção

A Profissionalização de Menores no Brasil

A Escola do Futuro

  Método de Pesquisa Para Artigos Científicos

Há alguns métodos de pesquisa que devem ser mencionados para que haja um melhor entendimento acerca do assunto artigo científico. Quanto à abordagem do artigo este poderá vir de forma qualitativa, na qual há a presença de subjetividades e nuances que não seriam quantificáveis por si. Já na abordagem quantitativa, como o nome já deixa transparecer é buscada informações que logo após se transformam em dados e números que serão analisados.

Outro ponto é quanto à natureza, que pode ser uma pesquisa básica que gera novos dados para o progresso da ciência sem ser necessário a aplicação prática. Já a aplicada tem como motivo gerar conhecimentos para as aplicações práticas dirigidas à solução de problemas específicos. 

Quanto aos objetivos, a pesquisa pode ser exploratória que tem como função proporcionar a exploração do problema. Já a produção descritiva tem como propósito caracterizar determinado fenômeno. E a explicativa tem como função explicar o porquê de tudo. 

Os procedimentos, o artigo científico pode usar pesquisa experimental, que tem por objetivo selecionar as variáveis que podem ser capazes de influenciar o objeto. Uma vez escolhida a pesquisa bibliográfica, ela será realizada através de obras que já foram publicadas, fazendo uma análise destas. Por sua vez, a pesquisa documental, é escrita a partir de material que não recebeu um tratamento analítico. A pesquisa de campo se trata de uma pesquisa na qual faz-se uma observação apurada sobre um determinado ponto de estudo. 

Nessa esteira, a pesquisa ex-post-facto, traduzindo em miúdos, é uma pesquisa realizada após o acontecimento dos fatos. A pesquisa de levantamento basicamente se dá através da elaboração de questionários, os quais são enviados a pessoas para serem respondidos, pode ser realizada uma entrevista também. A pesquisa com survey, é uma pesquisa um pouco diferente, ela simplesmente foca em seu objeto, ou seja, se ela quer saber algo sobre algum objeto já faz-se uma entrevista diretamente com o grupo de interesse. 

Nessa ótica, a pesquisa participante denota-se como uma pesquisa um pouco complicada, vez que depende do fator de interação entre o pesquisador e os pesquisados. A pesquisa-ação, como o nome já indica, deve ser feita uma associação da teoria e ação, de modo que a situação ou problema se resolva de forma cooperativa ou participativa. 

Se for uma pesquisa etnográfica você fará o estudo de um grupo ou povo. O estudo de caso, compõe-se de uma pesquisa na qual se seleciona o objeto principal e se dirige a campo para realizá-la, a exemplo de uma pesquisa feita em uma tribo indígena. A pesquisa etnometodológica é uma pesquisa voltada a compreender as diferentes realidades sociais e como elas podem ser modificadas.

  Critérios de Avaliação de Artigos Científicos

Para já deixar seu artigo científico de acordo com os requisitos dos avaliadores, nós trouxemos alguns critérios de avaliação que são observados por estes na hora de aceitar ou não publicar no periódico. Fique atento a estes requisitos na hora de revisar o seu artigo.

Primeiro ponto é observar a relevância, o enquadramento do artigo. Verifique se ele se encaixa nos moldes da revista que você deseja publicar. Como mencionamos antes, sugerimos que o aluno faça uma pesquisa das revistas científicas antes de elaborar o artigo, dessa forma você já o produzirá nos moldes da revista almejada. Verifique também a originalidade do seu artigo, tenha em mente que os avaliadores são profissionais qualificados e estes possuem um grande conhecimento na área e vão se certificar de que o artigo recebido é original e não apenas uma cópia de algum conteúdo já feito.

Vale a pena ressaltar, o fato de que deve se atentar para facilitar a compreensão da metodologia científica utilizada no artigo científico, bem como para que as conclusões obtidas sejam relevantes para a área de estudos escolhida. Outra dica é ficar de olho na apresentação do artigo, para que ele fique de acordo com as normas e modelos estabelecidos pela revista, se você não se atentar a esses fatos pode acabar ocasionando a reprovação do seu artigo.

Sempre tenha uma boa organização e legibilidade em seu texto, escrever corretamente, utilizar as normas da área da pesquisa, uma boa comunicação e fluidez do texto, são requisitos para que os avaliadores possam entendê-lo de forma clara, fazendo com que seja mais fácil de seu artigo ser aprovado para publicação. Outro ponto que deve ser observado são as referências bibliográficas, elas devem sempre ser utilizadas para comparativos e direcionamento de pesquisa, e ao realizar a citação, ao final do artigo você deverá trazer uma lista das referências bibliográficas utilizadas. 

Bem, essas são algumas dicas para te auxiliar no desenvolvimento do artigo, mas é importante também pesquisar a revista que você pretende publicar, pois cada uma pode apresentar suas especificidades, e seu artigo deverá se moldar naquela em que você almeja a publicação.

  Como Publicar Um Artigo Acadêmico

Vale ressaltar que qualquer pessoa pode publicar um artigo, desde que ele seja aceito pelo congresso ou pela revista que você o submeteu. Em grande parte das revistas o aluno só pode mandar o artigo em conjunto com um orientador, porém outras dispensam essa necessidade. Essa necessidade do orientador geralmente é cobrada para que haja uma ligação com uma universidade reconhecida pelo MEC, que é essencial para a publicação em periódicos acadêmicos. 

Há a possibilidade também, dos grupos de pesquisa publicarem em conjunto, obviamente que devem ser observadas as regras estipuladas para tal. A grande maioria dos eventos permite a publicação de artigo científico por mais de uma pessoa, até no máximo cinco. Mas as revistas acadêmicas divergem de acordo com cada coordenação. Um trabalho de qualidade, bem redigido tem mais chances de ser aceito e publicado. 

  Onde Publicar Os Artigos

Há várias formas de publicar os artigos, você pode fazer isso em anais de eventos, revistas ou periódicos. Os anais de eventos, onde são realizadas uma coleção de trabalhos, organiza-se uma mesa-redonda para discussão dos mesmos. Eles fazem uma compilação de nome de todas as pessoas que trabalharam nos artigos, como autores, palestrantes, comissão científica e outros.

Os artigos também podem ser publicados em revistas ou periódicos. Essa publicação pode ser feita na Capes, a qual se trata de um site que contém uma vasta gama de publicações científicas. Há também o Scielo que é o Scientific Eletronic Library Online, esse site possui uma grande coleção de periódicos da América do Sul, Europa e África, é enorme. Outro seria o Google Scholar, ou Google Acadêmico, que oferece uma ferramenta para conclusões científicas. Nesse site você consegue encontrar periódicos, artigos, jornais e até mesmo resumos de livros. Atualmente essa ferramenta é uma das mais usadas pelos alunos devido a quantidade de informações que é possível encontrar lá.

Uma dica para quando for publicar é sempre estudar as revistas ou periódicos antes para ver se o tema abordado por você se encaixa neles. Há a opção também de publicar os artigos em congressos, simpósios, seminários e outros eventos que englobam seu tema, pois nestes as regras são geralmente mais simples e as avaliações são mais rápidas.

Esse rigor metodológico se faz necessário pois garante que o assunto apresentado não seja apenas uma opinião do pesquisador. Lembre-se que a ciência tem por objetivo descrever a forma como o mundo funciona e não se apoia em senso comum. Dessa forma capriche em seu texto, nos dados coletados e nas fontes utilizadas, tenha em mente que estará apresentando esse trabalho para pessoas capacitadas que conhecem o tema, e que tem por obrigação comprovar os seus resultados.

Ressaltamos a importância de produzir e publicar artigos, dessa forma você estará compartilhando conhecimento, contribuindo para a discussão de ideias, bem como para o avanço da ciência. Além de ser bom para o autor pessoalmente, pois enriquece o currículo e abre portas, sem contar que conta pontos chave para a prova de títulos em um concurso.

Esperamos que essas dicas te auxiliem na hora da produção, tornando-a mais fácil e leve. Importante mencionar que caso não seja aceito logo de primeira, persista. Conserte os erros, faça mudanças e tente novamente, não desista. Tenha em mente que ao produzir um artigo você estará agregando conhecimento para si próprio, contribuindo para a sociedade, para o debate de determinada área e melhorando seu currículo! Então boa sorte, um abraço e até a próxima.

 

O que é a MyStudybay.com.br

  • Mais de 15 anos de experiência na assistência de redação acadêmica
  • 100% de escrita original
  • Avaliação de cliente de 97%
  • 24/7 FREE customer support via phone and email
  • Política flexível de descontos
  • Serviços VIP disponíveis
  • Todos os temas disponíveis

Atividade do site de hoje

Preparando pedidos
Preparando pedidos
670
Pedidos concluídos
Pedidos concluídos
374
Escritores ativos
Escritores ativos
13823
Revisores
Revisores
142
Programas de desconto disponíveis para clientes
Programas de desconto disponíveis para clientes
6
Avaliações de Clientes
Avaliações de Clientes
58
Operators online
Operators online
15

What we offer

FREE features in every project

grátis

Desconto total: $65

  • Resumo$5
  • Correções*$30
  • Página de título$5
  • Bibliografia$15
  • Formatação$10

Formato

Todos os formatos são disponíveis

Nossos descontos

Preço especial $5 /página

Avaliações de Clientes

 user icon

O profissional cumpriuo o prazo e sempre que solicitado atendeu com prontidão. Recomendo o trabalho deste profissional a todos.
 user icon

excelente escritor, manteve-se em contato comigo o tempo todo, realizou toda as minhas exigências, e ainda realizou todas as correções necessárias, mais de 1 x, educadíssimo.
 user icon

especialista muito atencioso, fez todas as alterações necessárias que foi preciso, dedicado com o projeto, estou muito satisfeito.
 user icon

Excelente profissional, entregou o projeto antes do prazo e com maestria, atenciosa e cuidadosa em todos os detalhes solicitados.
 user icon

Parabéns pela rapidez. Recebi o e-mail que fui aprovado no artigo com nota Boa. MUITO OBG. VALE A PENA
 user icon

Excelente trabalho, Entregue dentro do prazo, profissional capacitada e muito atenciosa. Super Indico.!!!

Está sem tempo para fazer seu trabalho? Fique tranquilo, o fazemos para você. Temos especialistas tanto para trabalhos escolares quanto para dissertações de mestrado/doutorado

Consiga ajuda com qualquer tipo de trabalho