Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho

Transferência e Resistência Psicoterapia Psicanalítica, Redação, Psicologia

Número do pedido
9000
Disciplina
Criado
21 de janeiro 2021
Concluído
22 de janeiro 2021
Preço
R$57,00
É peciso fazer rápido até psicologia. Tem só 1 dia Título do pedido «Transferência e Resistência Psicoterapia Psicanalítica».
crowd
Houve
18 ofertas
Júlio Roberto Urnau
O usuário contratou o escritor
Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho
Ou pode comprar esse trabalho....
Júlio Roberto Urnau
Páginas: 3
R$57,00
browser surf
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar o trabalho acadêmico
de qualquer tema
Encomendar o trabalho novo

O termo de transferência não é de exclusividade da psicanálise. O termo vem sendo empregado em diversas áreas de conhecimento e geralmente se refere ao deslocamento ou de transporte. Freud, no entanto, empregou esse termo pela primeira vez em 1895, quando atribui o significado de deslocamento entre um conteúdo do paciente para o analista. A transferência foi gradualmente, no decorrer da construção da teoria psicanalítica, sendo compreendida como uma das formas de resistência por parte do paciente
A transferência é comumente empregada pelo paciente de forma inconsciente. Através dela, o mesmo busca evitar o contato com conteúdos reprimidos que dizem respeito à sua sexualidade infantil que está ligada à alguma área erógena, e que, no momento da análise já deveriam ter sidos desligados.
Em 1912 Freud elabora em sua teoria três aspectos da transferência. A transferência positiva, a negativa e a mista. Em sua obra “A dinâmica de transferência”, daquele ano, Freud se aprofunda em cada um desses aspectos. Na primeira, transcreve os sentimentos de amor e ternura envolvidos para com o analista. Na transferência negativa, destaca os sentimentos de ódio e a hostilidade. Já na mista, uma relação de amor e ódio (ROBERT; KUPERMANN, 2012).
FREUD, S. (1914). Obras completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago. “Recordar, repetir e elaborar”, XII, 161-171, 1996.

ISOLAN, L. R. Transferência erótica: uma breve revisão. Rev. Psiquiatria Rio Grande do Sul, 27 (2), 188-195, 2005.

ROBERT, P. P. KUPERMANN, D. Dor e resistência na clínica psicanalítica: o manejo das transferências negativas em Freud. Cadernos de Psicanálise, 34 (26), 37-49, 2012.

StudyBay é uma plataforma de freelance. Todos os trabalhos apresentados no site são enviados por nossos usuários que tenham concordado comregras d a colocação de trabalho no site e ter todos os direitors autorais necessários para esses trabalhos. Baixando o trabalho, você concorda que ele não será apresentado como o seu próprio, mas será usado apenas como um exemplo ou fonte, com a referência obrigatória para a autoria do trabalho. Se você é o proprietário dos direitos autorais e considera que este trabalho é postado aqui sem a sua permissão - por favor preencha o formulário e nós removemos o trabalho do site. Preencher os campos
Avaliamos em 10 minutos de graça
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar qualquer trabalho acadêmico aos nossos escritores a partir de 5 reais! Faça o pedido e receberá as ofertas em 10 minutos!
Fazer um pedido