Antígona

Tipo de documento:Projeto de Pesquisa

Área de estudo:Administração

Documento 1

Com a referida morte a protagonista, juntamente com sua irmã, voltam à cidade de reinado de seu pai. Com a morte de Édipo os sucessores, Etéocles e Polinices, começam uma disputa para que se determinasse quem herdaria o trono de seu pai. Assim, discutidas as nuanças do reinado, decide se que seria um reinado que alternasse o titular do trono. Esse revezamento da titularidade do trono começou por Etéocles, o que, porém, não cumpriu o que fora determinado. Isto é, com a passagem de ano da titularidade do trono, deveria ser alternado trono para o outro irmão. Esse acontecimento faz com que Polinices se enfureça e decida ir a cidade de Argos para que conseguisse apoio para tomar posse do reino de Tebas. O que resultou na disputa entre os dois irmãos por causa do trono. Diante da disputa travada entre Etéocles e Polinices, apoiado pelo reinado de Argos, houve a consequente morte dos dois irmãos, que buscavam deter o reinado de Tebas. Desta forma, houve que Creontes, tio dos dois irmãos, assumira o reinado de Tebas, visto que, seria o mais próximo sucessor do reinado de Tebas. Assim, tendo, então, Creontes a titularidade do reino de Tebas. E, detendo a referida condição, ordenou Creontes que não fosse sepultado o corpo de Polinices, já que teria atacado seu próprio irmão querendo tomar o reinado de Tebas. A determinação feita por Creontes era tão severa que a fez sob pena de morte a quem a descumprisse, dada tão revoltante disputa pelo trono entre os dos sucessores.

Porém, ao mesmo tempo, determinou todas as honrarias ao outro irmão, Etéocles, haja vista que esse estava defendendo o seu reinado contra o ataque de seu irmão, Polinices. Essa proibição gerou, porém, a repulsa de Antígona, a personagem protagonista e irmã dos dois irmãos mortos pelo confronto pelo trono, já que não achava justo prestarem homenagens a um irmão quanto ao outro não se podia nem velar o corpo Dessa forma, Antígona descumpri o mandamento do rei Creontes e vela o corpo de seu irmão Polinices. A peça parte, porém, do ensejo em que há uma maldição em torno da titularidade do trono, já que Édipo, sem deter conhecimento, desposou com sua mãe, como também foi culpado pela morte de seu pai.

Tendo assim descoberto que tinha se casado com sua mãe depois de desvendar o enigma da esfinge. Quando do conhecimento dos fatos acima aduzidos Édipo procura se auto punir em busca de pagar pelos seus atos, o que não foi suficiente para que os Deuses mantivessem a maldição contra sua família, como demonstra os acontecimentos acima trazidos. Há ainda que ressaltar que a peça Antígona tem ainda o discurso entre o que seria moral ou não, e também quais regras são mesmo justas. Como pode se perceber no não cumprimento por parte da protagonista no que se refere ao sepultamento de seu irmão, mesmo contrariando uma norma criada pelo rei. Pode se ainda entender da trama que cada personagem descrito, Antígona e Creontes, representam o centro de ideais de diferente conhecimento.

Assim, a peça traz também a reflexão sobre a relatividade que cada caso concreto detém. Isto é, a visão extremada de qualquer das posições não trará a melhor eficácia dos meios empregados. Portanto, há que se observar que o cotejo da peça encena a disparidade das ideias assumidas por cada personagem em seu extremismo, bem como a relativização apontada pelo autor, no que tange a disciplina das mais diversas situações do cotidiano. Assim, percebe se que a temática tratada detém sua contemporaneidade, na medida que, ainda, há o clamor por normas que se inclinem mais a moral, bem como se discute a eficiência de normas criadas de forma a tratar um assunto de forma tão sistemática.

Portanto, a peça em apreço traz o cotejo da discussão da natureza das normas através da encenação de uma história tendente a demonstrar as consequências da aplicação de cada visão de como devem ser disciplinadas as relações entre os seres humanos.

67 R$ para obter acesso e baixar trabalho pronto

Apenas no StudyBank

Modelo original

Para download