RELAÇÃO DO BEHAVIORISMO COM AO FILME MCFARLAND, OS SENTIMENTO DO PROFESSOR E SUAS ATITUDES

Tipo de documento:TCC

Área de estudo:Gestão de crédito

Documento 1

Ao encarar sua realidade o professor não vê estímulos para se tornar um bom professor diferente de sua colega de trabalho que se encontra motivada a mudar a vida daqueles jovens para que eles possam ter um futuro. Pode-se nesse momento inicial aplicar a teoria behaviorista para compreender o professor e as atitudes dele no desenrolar da trama, para ele trabalhar naquele lugar era uma punição por seus comportamentos agressivos com os alunos das escolas que ele já havia passado e na outra vertente podemos observar os alunos, filhos de camponeses em que o ambiente já havia determinado seu futuro, ou seja, por consequência também seriam camponeses ou acabariam presos, que dá uma linha contraria ao behaviorismo. Com a chegada do professor desse professor de educação física, ali vai se observando outra vertente, ele vê que seus alunos tem capacidades muito altas de corrida, o ambiente tem forte influencia neles pois como não tem carros eles tem que correr até a escola e de volta pra casa, isso os torna bons corredores, o professor irá usar do reforço positivo para motivar seus alunos a darem uma chance ao esporte.

Em um primeiro momento eles tem um enfrentamento pois o educador e os jovens têm realidades distintas, então o professor entra na realidade desses garotos frequentando sua casa, seu trabalho, conhecendo suas famílias e seus amigos, esse estimulo, de amizade, traz uma resposta que seria a confiança e o respeito desses alunos. Depois da primeira derrota os corredores se sentem desmotivados e então são colocados para enfrentar os seus desafios que é a subida, pois como eles viviam em planícies não poderiam competir com esse desfalque, esse estimulo vai fazer que com que haja respostas positivas de esperança ao objetivo que é a vitória.

67 R$ para obter acesso e baixar trabalho pronto

Apenas no StudyBank

Modelo original

Para download