A HISTORIA DA AVIAÇÃO COMERCIAL

Tipo de documento:Revisão Textual

Área de estudo:Administração

Documento 1

Essa estimativa torna-se ainda mais espetacular, porque advém de uma história a muito decorrida, nos primórdios da aviação comercial propriamente dita, onde 1 bilhão nada mais era do que apenas um. A aviação para os fins de comercio na verdade tem seu início alguns anos antes do primeiro voo comercial com passageiro, e foi na verdade, um voo de carga, realizado em 1910 por Phil O. Parmalee, um piloto que transportava seda em seu avião modelo Wright B de Dayton a Columbus no estado americano de OHIO. Parmalee, vou cerca de uma hora, há incríveis 97 km/h, uma revolução para a época, sua distância chegou a 100 quilômetros até seu destino. Dia 1º de janeiro de 1914, saindo da cidade de St. Petersburg, no estado americano da Florida um jovem piloto de apenas 25 anos, entraria para a história da aviação comercial, pilotando seu avião de madeira, Tony Jannus faria um voo rápido e cheio de imprevistos em direção a cidade de Tampa, seu único passageiro, o ex-prefeito Abram Phell fariam um voo curto de aproximadamente 23 minutos, e que marcaria o início de uma revolução para o mundo, a criação da aviação comercial. Infelizmente, Tony Jannus não viveria muito para ver seu legado, perdendo sua vida nos campos de batalha da primeira grande guerra mundial, durante o treinamento de novos pilotos. Nessa época no Brasil, surgia o primeiro aeródromo e clube de aviação do País, no Campos dos Afonsos no Rio de Janeiro.

Após o voo inaugural, e pelos próximos quatros meses subsequentes a companhia aérea St. Petersburg-tampa Airboat Line do proprietário Percival Fansler transportou milhares de pessoas neste trajeto, a abrir falência por problemas de subsidio do governo local. O destaque nessa época na aviação Brasileira é o surgimento a 10 de junho de 1927 de uma importante empresa nacional de transporte de passageiros a Empresa de Aviação Aérea Rio-Grandense a famosa VARIG, que registra o primeiro avião de transporte de passageiros oficial do pais, um hidroavião Nos anos de 1930, surgiram os hidroaviões, uma outra ideia para o transporte de passageiros, especialmente em locais onde só havia rios para pouso de aviões, entre esses aviões destaca-se o Dornier Do-X um monstro de 12 propulsores, contudo, a formula não funcionou totalmente, e perdeu o entusiasmo pelas linhas aéreas, que operaram esse modelo de avião até meados de 1940.

Ainda nos anos 30, mais especificamente no dia 30 de junho, o governo federal concede permissão à Sociedade Anonyma Brasileira Aerolloyd Iguassú S. A.  a estabelecer tráfego aéreo no território nacional. No dia 18 de julho a companhia realiza seu primeiro voo. Explode também os números de companhias aéreas que prestam serviços de carga e passageiros ao redor do globo, voos regionais se tornam rotina na maioria dos pais desenvolvidos e em desenvolvimento, trazendo um problema sério, a emissão de dióxido de carbono nas aeronaves. Para acatar toda essa evolução da aviação comercial, foram necessários investimentos em diversos setores de prestação de serviço, tais como a modernização e construção de novas infraestrutura nos aeroportos, aumento das pistas para comportar o peso e tamanho das novas aeronaves, e a melhoria do sistema de dispersão dos gases dos motores dos aviões para combater a poluição causada pelo queima do combustível e por fim o aumento da segurança dos aeroportos.

Fator ultimo esse que desencadeou grandes perdas para a aviação comercial, que fora atingida dramaticamente, nos atentados terrorista de 2001 nos EUA, onde 04 aviações dois da Companhia American Airlines e outros dois da United Airlines, foram utilizados como meio de destruição das famosas torres gêmeas no centro financeiro de Nova York, marco essa que lembrou os departamentos de segurança de todos o mundo o qual ainda estava frágil a segurança em aeroportos e voos comerciais. É evidente que após 11 de setembro a segurança nos aeroportos tomou outra proporção, e as melhoras são nítidas, e foi bem no momento, uma vez que a globalização, também trouxe novos negócios para as companhias aéreas. Na aviação brasileira, e criada a Gol transportes aéreos, que começa suas operações internacionais em 2005, a Gol futuramente adquiriria a já exaurida VARIG.

 São Paulo. Nova Cultural, n-10, março 1995. p. AERO. Rio de Janeiro: J. Disponível em http://meioaereo. com/historia-da-aviacao-brasileira/. acessado em 22/10/2017. Disponível em http://www. sitedecuriosidades. Disponível em www. exame. com. Os 100 anos da aviação acessado em 19/10/2017. FLAP INTERNACIONAL.  Guia da Folha: Dumont Desconstruído.  Ano 10 – Nº 476.  São Paulo, Seção Exposições, p. PEREIRA, Aldo.  Breve História da Aviação Comercial Brasileira.

67 R$ para obter acesso e baixar trabalho pronto

Apenas no StudyBank

Modelo original

Para download

Documentos semelhantes

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

Palavras: 4125

Páginas: 15

5 chaves para o sucesso

Palavras: 9350

Páginas: 34

Coaching

Palavras: 34375

Páginas: 125

GESTÃO DE TRABALHO EM EQUIPE

Palavras: 3575

Páginas: 13