Produção Textual em Grupo - GE CELMA

Tipo de documento:Revisão Textual

Área de estudo:Gestão de segurança

Documento 1

A EMPRESA 4 1. Situação-problema 5 2. DESENVOLVIMENTO 5 2. RECRUTAMENTO E SELEÇÃO 6 2. PRÁTICAS TRABALHISTAS 9 2. GESTÃO DO CONHECIMENTO 11 2. AUDITORIA E CONSULTORIA DE RH 13 2. COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL 16 3 Conclusão 18 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 19 1. INTRODUÇÃO As áreas de Recursos Humanos nas organizações possuem aspectos importantes, que antes ignoradas, no que se relaciona em ir além do entrevistar, contratar e demitir. Ir além é englobar todas as práticas e politicas relacionadas a administração do comportamento do colaborador da organização, é agregar pessoas qualificadas a organização conforme os requisitos exigidos. Visa desenvolver as pessoas, traçando estratégias e investimentos para o desenvolvimento de cada colaborador de modo individual e coletivo. A área está envolvida de modo direto ou indireto com o funcionamento de todas as demais áreas da organização. Através de analises considera-se não só o contexto pessoal, mais abrange o profissional de cada um, onde o departamento contribui para a construção dos planos de carreira, desenvolvendo as habilidades e competências de todos os envolvidos. O grande diferencial da área nas organizações está em proporcionar um canal de comunicação aberto entre colaboradores e organização. Algumas organizações erram ao relacionar a área de recursos humanos com o departamento pessoa, onde a área deveria ser atuante de modo estratégico para garantir a eficiência e melhoria dos processos. O papel desse setor agrega parte do sucesso da organização, seja qual for, à medida que se mantem os funcionários motivados e satisfeitos. A área expande as possibilidades de todos mantendo e garantindo um clima organizacional adequado e bom, influenciando de maneira direta na obtenção dos resultados.

O investimento na área de Recursos Humanos é novo, porém necessário para que se descubra e retenha talentos na organização, considerando as competências estratégicas fundamentais para o ambiente de negócios. O setor ainda pode ser responsável pela análise do desempenho e desenvolvimento dos colaboradores utilizando dos dados coletados para executar planejamentos futuros. Essa área insere programas propícios a uma qualidade de vida no trabalho melhor, organizado, treinado, com políticas de incentivo financeiro, bem-estar, relacionamento e vários outros. RECRUTAMENTO E SELEÇÃO A empresa adotou o recrutamento interno em uma de suas seleções. Enfatizando o recrutamento, tal processo se refere ao que decorre entre a decisão de preencher um cargo vago e o apuramento dos candidatos que preenchem o perfil da função e reúnem condições para ingressar na empresa.

Assim o recrutamento torna-se uma das principais ferramentas em que o gestor consegue verificar se um candidato tem ou não o perfil necessário para preencher uma vaga de trabalho na empresa e consequentemente consegue sucesso à empresa bem como economia com abstinência e rotatividade de pessoas, além de conseguir maiores resultados com as pessoas mais eficientes e comprometidos com os ideais da organização. CHIAVENATO, 2009). O recrutamento é um sistema de informações, que visa atrair candidatos potencialmente qualificados, dos quais serão selecionados futuros funcionários da organização. Para a empresa ofertar esse tipo de recrutamento deve estar ciente dos colaboradores que deseja agregar, analisando criteriosamente o perfil, acompanhar postagens, identificando o perfil correto e agregando um processo de seleção online. A seleção tem a finalidade de conhecer melhor o candidato.

É nessa hora que o candidato tem a oportunidade de mostrar o que sabe e o que busca na empresa e no cargo, onde expõe tudo salário, meio de locomoção, se a empresa possui convênios médicos e outros assuntos. A seleção de pessoas funciona como uma espécie de filtro que permite que apenas algumas pessoas possam ingressar na organização, são aquelas que apresentam as características desejadas pela organização. PONTES, 2009). Atualmente existe uma tendência de perguntas inusitadas na entrevista ou etapas inusitadas nos processos de seleção, que muitas vezes podem parecer inadequadas já que os candidatos não estão acostumados com esse tipo de pergunta e em alguns casos até questionam o que tem a ver com a vaga.

Algumas dessas práticas são para testar a criatividade, detectar pontos fortes e fracos, compreender como o candidato agiria diante algumas situações e outros quesitos. Essa prática está ligada com a área do psicológico, como a linguagem do corpo. É o processo psicodiagnóstico. Esse processo psicodiagnóstico é um processo cientifico que através de perguntas especificas dada as respostas se estruturam em hipóteses confirmadas ou não por meio dos passos a serem percorridos, exemplo para uma vaga de marketing, a empresa pode optar em efetuar esse processo identificando o quão é criativo o candidato. Entre as muitas alterações que foram inseridas na CLT podemos destacar a compreensão de salário de remuneração. Fundamentada pela definição clássica da prática trabalhista existe uma diferença entre salário e remuneração.

Conforme descrito no estudo de caso a empresa GE Celma, trabalha com uma política de remuneração fixa e variável. Como remuneração variável existe a Participação nos Resultados (PPR) e o Bônus. O PPR de 2007, pago em 2008, atingiu o valor de 1. O salário é quando existe a contratação devida ao empregado pela prestação de um serviço decorrente ao trabalho, ou seja, é o valor recebido pelo colaborador pela prestação da sua mão de obra. A remuneração é a soma do salário com outros adicionais como a gorjeta, assim afirma-se que a remuneração é o gênero e o salário a espécie desse gênero. O PPR, é dado pelo Programa de Participação de Resultados, um a forma de remuneração caracterizada de forma estratégica pela participação dos colaboradores nos lucros ou resultados da empresa.

Muitas organizações usam dessa metodologia como instrumento de integração entre o capital e trabalho e como incentivo a produtividade. Um dos componentes que fazem parte da remuneração dos funcionários na empresa GE Celma são os valores referentes ao Programa de Participação nos Resultados (PPR). Considerando um colaborador que recebe mensalmente o piso nacional de salário mínimo no valor de R$ 998,00, calcule o quanto ele recebeu no mês, com o pagamento da Participação dos Resultados, tendo em vista que o valor atingido foi de 1,44. Quadro 1 – Pagamento PPR SALÁRIO PISO NACIONAL R$998,00 PPR 1,44 SALÁRIO RECEBIDO R$2. Fonte: PTG (2019) Os benefícios da Ge Celma oferta com base na Lei complementar 13467/2017, define que sempre que uma ou mais empresas, sendo cada uma delas a possuir a sua personalidade jurídica própria além de estar sob a direção, controle ou administração de outra e ainda quando se guarda sua autonomia, pode integrar um grupo econômico.

A empresa pode descontar do funcionário, no holerite sem impostos, benefícios como: plano de saúde, odontológico, reembolso de medicamentos, previdência privada e seguro de vida. GESTÃO DO CONHECIMENTO O conhecimento explícito segundo Lara (2004) é aquele conhecimento adquiro pela educação formal envolvendo conhecimento dos colaboradores, conceituado como documentos, manuais. A inovação promove estratégias que a empresa possa evoluir, criar estratégias de mercado, adentrar a vantagens competitivas e muitas outras formas positivas do mercado. A gestão do conhecimento agrega a organização benefícios como ideias, projetos, planejamentos e que com a inovação podem ser aliadas a estratégias competitivas do mercado. A gestão do conhecimento é a educação corporativa, dada a longo prazo, seu objetivo é reunir os conhecimentos e usa-los a favor da empresa.

Como as experiencias dos colaboradores, a informação reunida por eles e pelo conhecimento formal implicando em implantações e atitudes inovadoras. A inovação corporativa é vista como a introdução de novos hábitos, praticas e formas de produção com novas fontes de fornecimento, que juntos se objetivam na sobrevivência da empresa no mercado competitivo. As penalidades são dadas quando os prazos citados, não forem respeitados por parte da empresa, e assim a mesma é obrigada a efetuar o pagamento de uma multa que conforme o artigo 477 da CLT, prevê que é igual a um salário mensal do empregado, incluindo as verbas rescisórias. A empresa nesse caso, pode tentar renegociar tais valores, ou efetuar o pagamento integral das multas em cada mês para que não afete a empresa.

O grupo verificou também através da auditoria a existência de pendências, quanto a documentação necessária para concessão do benefício do salário família. Quadro 3 – Documentos Pendentes Funcionário Documentos pendentes Jair Roneli Pompeu -Falta ficha de salário família -Não possui Termo de Responsabilidade para fins de Salário Família -Não apresentada caderneta de vacinação Ademar Mangoni -Não apresentado comprovante da frequência escolar do filho com idade a partir de 07 anos João Carlos Figueiredo Não apresentada anualmente a caderneta de vacinação do filho menor de 06 anos Fonte: PTG (2019) Conforme a lei do ministério do trabalho, alguns quesitos são essenciais para o registro de funcionários, no caso acima mencionado, a infração se dá pela falta de documentação necessária para a concessão do benefício, tendo as penalidades para o colaborador na suspensão do pagamento, considerando os valores pagos como remuneração, exigindo encargos previdenciários sobre os mesmos, devolução aos cofres do INSS, valores deduzidos na GRPS a título de salário família considerado nesse caso indevido.

A empresa nesses casos, pode chamar o colaborador, ofertar as informações das consequências e alertar, além de cobrar os documentos. Assim a GE Celma conseguirá de forma harmoniosa as relações de trabalho agregando valor aos consumidores. De acordo com o artigo, a empresa GE Celma oferece aos seus colaboradores treinamentos comportamentais voltados à liderança. Além disso, como é relatado no artigo, é prática da companhia que todo gestor Sênior tem obrigação de dar Coaching a pelo menos dois funcionários anualmente. E também há o programa formal de Mentoring para o time da oficina. Sendo assim compreende-se que um coaching se trata de um apoio e auxilio por meio de perguntas e técnicas eficazes para seu o cliente saia do seu estado de conforto, na maioria das vezes, para um estado almejado.

A motivação não existe e não é necessária somente no serviço e sim em todos os âmbitos da vida. Objetivos - Motivação Pessoal e Interna dos participantes; descobrir a motivação pessoal e profissional; Saber desenvolver a motivação interna; Saber transpassar a motivação para gestores e lidar com a mesma. Desenvolvimento - O responsável será o setor de RH mais o gestor de cada setor; O treinamento será realizado através de etapas, sendo realizadas cada um em seu setor; será abordada a consultoria de um coaching na área, ofertando métodos, técnicas e dinâmicas sobre a motivação; O período é dentro de um mês para cada setor. Resultados - Espera-se obter resultados a longo prazo, satisfatórios e de aprendizado para que se continue com as técnicas desenvolvidas pelos gestores.

Conclusão A empresa Ge Celma, é uma organização que aplica e contribui para a marca de boa empresa empregadora, porém precisa melhorar alguns pontos e algumas características e analises. ALMEIDA, Walnice. Captação e seleção de talentos: repensando a teoria e a prática. São Paulo: Atlas, 2004. ALVES, Rui. eRecruitment: novos desafios para o recrutamento on-line. SILVA, Maria Joana e Silva, Patrícia Costa. A relevância das redes sociais no processo de seleção de talentos para a inserção do candidato no mercado de trabalho. Disponível em: <https://www. rhportal. com. Disponível em: <http://professor. pucgoias. edu. br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/17963/material/Texto%207%20-%20Passos%20do%20Psicodiagn%C3%B3stico. pdf>. rh. com. br/ler. php?cod=3739&org=3. Acesso em abr.

280 R$ para obter acesso e baixar trabalho pronto

Apenas no StudyBank

Modelo original

Para download