OFICINA: Um despertar para a Educação Patrimonial

Tipo de documento:Redação

Área de estudo:Estatística

Documento 1

Dado isso, discutir, abordar e tematizar tais histórias acaba por contribuir com o melhor entendimento acerca da própria, bem como a compreensão de sua relevância e consequente preservação. É, por tanto, baseado nisso que propomos uma oficina abordando a questão patrimonial, buscando assim a compreensão de conceitos concernentes ao assunto em questão e, sobretudo, uma discussão com os envolvidos na oficina sobre a real importância que o patrimônio tem, bem como sua preservação. PÚBLICO ALVO: Ensino Fundamental II (6° ao 9° ANO), alunos de 11 a 15 anos. DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES: Duração da atividade Atividade Metodologia e detalhamento Material 25 min. Definição de conceitos acerca de patrimônio (anexo 1). • Com uma caixa cheia de fotografias e um espelho, os ministrantes da oficina farão os alunos tirá-las e perguntarão sobre as fotografias que tirarem, perguntas estas que se relacionam com os conceitos de patrimônio. • Com as perguntas feitas aos alunos acerca de patrimônio, por meio das imagens, os ministrantes da oficina ligam as respostas dadas pelos alunos aos reais conceitos de patrimônio. Caixa personalizada; Fotografias de patrimônios materiais e imateriais e espelhos. min. Discussão sobre a valorização patrimonial e cultural. • Estando claros os conceitos de patrimônio para o grupo, é iniciada pelos ministrantes uma discussão sobre a importância que há em valorizar e preservar o patrimônio, preservando assim, determinada história. Data show. min. Realização de uma atividade abordando o assunto promovido na escola (anexo 2).

• Será entregue um trabalho dirigido aos alunos participantes da oficina onde em tal trabalho serão feitas algumas perguntas sobre o que foi trabalhado anteriormente com eles, isso com o intuito de ter algum resultado do que possivelmente tenha ficado da oficina para os alunos. TD elaborado pelo grupo PIBID História UVA. ANEXO 1 CONCEITOS Patrimônio: Patrimônio (do latim patrimonium) significa herança paterna, bens de família, bens necessários para ordenar um eclesiástico, dote dos ordinandos, propriedade. Um indivíduo ao longo de sua vida acumula bens que, no futuro, vai legar à família. Ampliando o conceito, entende-se atualmente que são patrimônios: a vida, o corpo, a linguagem, as coisas (arquitetura, artesanato, música, literatura. os sonhos, as histórias. FONTE: http://www. brasilcultura. com.

br/patrimonio-cultural/o-que-e-patrimonio-cultural/ Preservação: Preservar é defender, conservar ou resguardar. Atitude de cuidado e respeito. Essa notificação significa que o bem já se encontra sob proteção legal, até que seja tomada a decisão final, depois de o processo ser devidamente instruído, ter a aprovação do tombamento pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural e a homologação ministerial publicada no Diário Oficial. O processo finalmente termina com a inscrição no Livro do Tombo e a comunicação formal do tombamento aos proprietários. FONTE: http://portal. iphan. gov. gov. br/portal/montarPaginaSecao. do?id=10&sigla=Institucional&retorno=paginaIphan Cultura: A palavra cultura abrange várias formas artísticas, mas define tudo aquilo que é produzido a partir da inteligência humana. Ela está presente desde os povos primitivos em seus costumes, sistemas, leis, religião, em suas artes, ciências, crenças, mitos, valores morais e em tudo aquilo que compromete o sentir, o pensar e o agir das pessoas.

FONTE: http://www. A memória se alimenta de lembranças vagas. • Possibilidade de reconstrução da atmosfera de um outro tempo; • Aloísio Magalhães preferia o conceito biológico de memória: guardar, reter, para em seguida mobilizar e devolver; • A memória é seletiva, pois guardamos o que nos interessa – aquilo que aparentemente nos é necessário –, assim como tentamos descartar o que supomos não precisarmos. O esquecimento ainda é memória. Cada pessoa é responsável pelo que aviva sua própria memória. Todos são responsáveis pelo que aviva a memória da comunidade. Memória, identidade, patrimônio e preservação. Trago na memória como bem patrimonial ________________________________________________________, pois faz parte de minha identidade. Isso porque ____________________________________________________________________________________________________________________________________________. Dessa forma, preservo tal patrimônio pra que ____________________________________________________________________________________________________________________________________________. Agradecemos por sua participação!.

60 R$ para obter acesso e baixar trabalho pronto

Apenas no StudyBank

Modelo original

Para download