IPv6: O Futuro da Internet - Transformação Digital x Valor da Informação - Tecnologia Cognitiva – A nova era da computação

Tipo de documento:Redação

Área de estudo:Lingua Portuguesa

Documento 1

Cada host e cada roteador tem um endereço IP (Internet Protocol), que codifica seu número de rede e seu número de host. Essa combinação é única, ou seja, duas máquinas conectadas a internet não possuem o mesmo endereço IP. Devido ao alto crescimento da ARPANET, após cinco anos houve o surgimento do protocolo TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol) um protocolo que utilizamos até hoje, com um endereço de 32 bits e mais de 4,2 bilhões de combinações de endereços possíveis, que para época esse número era um exagero. O IANA (Internet Assigned Numbers Authority) é responsável pelo controle de todos os números IPs e, atualmente, ele realiza suas operações através da ICANN (). A responsabilidade sobre uma parte dos endereços é delegada pela IANA para cada um dos Registros Regionais de Internet, que os gerenciam e distribuem dentro de suas respectivas regiões geográficas. Em nossa região, o responsável é o LACNIC (Latin America and Caribbean Network Information Center). Segundo Vint Cerf (2010), vice-presidente do Google, os endereços de IP podem esgotar em até um ano, foi exatamente o que aconteceu em Fevereiro de 2011. O problema não se agravou mais e anteriormente devido a várias tecnologias e medidas paliativas que surgiram ao longo da década de 1990. Podemos citar NAT (Network Address Translation), dentre outros que fizeram com que tardassem esse esgotamento de IP’s na internet. A divisão dos blocos IPv4 não foram a metade dos endereços destinados aos Estados Unidos e a outra metade foi distribuída para os demais regiões geográficas do mundo.

por exemplo, para enviar e receber dados de outros que estiverem conectados. O IPv4 transfere endereços de protocolos de 32 bits. Sustenta aproximadamente 4,29 bilhões de IPs pelo mundo todo, o que nos fez chegar na crise atual: O sistema não suportará mais endereços do que isso, Pois com a proliferação do tipo de equipamentos com necessidades de comunicação, quer fixos, quer móveis, e com as “Internet das Coisas” a autoconfiguração assume um papel fundamental. Já o IPv6 não existe broadcast, tendo este conceito sido substituído pelo endereços multicast que têm em vista suportar a comunicação 1-para-N de forma eficiente, simplificando, por exemplo, o acesso a serviços bem conhecidos. Criou-se, ainda, o conceito anycast, que não tem paralelo no IPv4.

br - foi criado para implementar as decisões e os projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil - CGI. br, que é o responsável por coordenar e integrar as iniciativas de serviços da Internet no País além de efetuar as liberações de endereços IPv4 no Brasil, a NIC. br prevê o fim dos endereços IPv4 para a nossa região entre 2013 e 2014 , já que não haverá mais blocos a serem liberados pela IANA Comparativo entre IPv4 e IPv6 IPV4 IPV6 Endereço de 32bits Endereço de 128bits Suporte opcional de IPSec Suporte obrigatório de IPSec Introduz capacidades de QoS Nenhuma referência a capacidade utilizando para isso o campo Flow de QoS (Quality of Service) Label A fragmentação deixa de ser realizada Processo de fragmentação pelos routers e passa a ser realizada pelo router processada pelos host emissores Todos os campos de opção foram O cabeçalho inclui os campos de mudados para dentro do opção campo extension header O Adress Resolution O ARP foi abandonado, sendo Protocol (ARP), utiliza requisitos do substituídos pelas tipo Broadcast mensagens Neibhbor Discovery Internet Resolution Management O IGMP fio substituído por Protocol (IGMP) é utilizado para mensagens Multcast Listner Discovery gerir relações locais de sub-redes Os Endereços de Broadcast são Deixa de existir utilizados para enviar tráfego para de Broadcast, para todos os host de uma rede endereços multicast o endereço utilizar O endereço tem de ser configurado Adição de funcionalidades manualmente autoconfiguração de Suporta pacotes de 576 bytes, Suporta pacotes de 1280 bytes, sem passiveis de serem fragmentados fragmentação Como posso utilizar esta apresentação em minha Empresa e em minha vida profissional: A adoção do IPv6 como novo protocolo da Internet se daria de forma gradual e contínua e que, em um prazo de 10 anos, o IPv6 se tornaria uma realidade para a esmagadora maioria das empresas e usuário final, acompanhando o ritmo acelerado de crescimento da Internet, Grandes empresas como Facebook, Yahoo! e Google em 8 de junho de 2011 já se anteciparam e fizeram testes do novo protocolo em suas redes, problema está nos aparelhos roteadores.

Neste caso, você terá, que fazer a substituição dessa peça por outra mais atual para se manter online. Alguns bugs também precisam ser ajustados para a grande massa. Estar online nos tempos atuais é como dizer “oi estou aqui presente no mundo”, crianças que nem chegaram a nascer já é possível ter uma noção com quem ela se parecera com um simples compartilhamento de uma foto ou vídeo de ultrassonografia em 3D nas redes sociais, levando em consideração de uma a cada três crianças americanas esta presente na web antes mesmo de nascer. Hoje sabemos que isso é possível o tratamento de informações através da capacidade de analise das informações contidas na web é possível analisar e o perfil de uma pessoa e se ela esta propensa a ser consumidora de um determinado produto ou serviço.

A computação cognitiva promete mudar a forma como tratamos a informação. Este nome vem da ideia de usar o poder de processamento das máquinas e o volume cada vez maior de informações que circula diariamente na internet para criar máquinas capazes de reproduzir a forma como um humano penso para tomar uma decisão, ou seja, o processamento do raciocino humano. A multinacional IBM entrou na nova era da tecnologia com seu sistema de computação cognitiva Watson, já utilizado em diferentes indústrias. No mercado financeiro, a utilização de computadores capazes de raciocinar como pessoas. Courtnay Guimarães Jr, executivo de TI da HP, conta que no mercado de ações há os “quant traders”, com máquinas capazes de tomar 1 milhão de decisões por segundo no que se refere à compra e venda de papéis na bolsa de valores.

E o mais interessante: muitas delas são blefes, algo intrinsecamente humano. A computação cognitiva é de fato capaz de mudar a vida de pessoas e profissionais, bem como: Dados que curam na era digital essa possibilidade de coletar, organizar e acessar um mundo de informações favorece o trabalho dos médicos e quem mais ganha são os pacientes Na cura do câncer, a IBM possui parceria com dois hospitais líderes no tratamento do câncer nos Estados Unidos, que já estão trabalhando com o Watson Oncology: o MD Anderson, em Houston, no Texas, e o Memorial Sloan-Kettering, em Nova York. Na musica, um recém-anunciado aplicativo quer mudar a forma como as pessoas ouvem música e descobrem novos artistas e sons. Koch- Data: 02-03-17 Aluno: Lucélia Leal RA 933471-0 MBIS- Segurança da Informação - UNIP – Campus Paraíso É nítido que a sociedade já está acostumada a usar a Web e os apps dos smartphones para suas atividades do dia a dia, seja a de localizar um táxi, comprar um produto, fazer um check-in do voo ou uma transferência eletrônica entre contas correntes, ou seja, cada vez mais tecnologia, proporcionando a criação de novos modelos de negócio e novas maneiras de interação empresa e clientes.

Consideramos aqui a transformação digital é o contexto da empresa em se posicionar como um “negócio digital”. Um “negócio digital” cria valor e receita através de seus ativos digitais. Ao contrário do que muitos ainda podem pensar, a transformação digital não é apenas uma tendência passageira, mas uma realidade efetiva no cenário corporativo. O fato é que a chegada de novas tecnologias exige inovação nos modelos tradicionais de gestão para garantir mais eficiência, produtividade e competitividade nas organizações. Os modelos tradicionais de gestão podem levar muito mais tempo para entregar soluções e serviços adequados aos clientes. Eles ainda não são velozes o suficiente para acompanhar as diversas transformações do mercado. Com o tempo, as empresas devem ser capazes de agregar mais agilidade à organização de TI, automatizando processos, eliminando erros operacionais, reduzindo custos e ganhando nos quesitos produtividade e eficiência.

A verdade é que o investimento na transformação digital na área de TI pode trazer muito mais valor e competitividade a seus negócios. Mesmo que pareça história de ficção científica, as tecnologias de realidade virtual (RV) e realidade aumentada (RA) já são bem conhecidas no ambiente empresarial. Entretanto, este valor pode ser multiplicado várias vezes se a informação é estratégica ou de cunho confidencial. Informações possuirão mais alto valor na razão direta de qualquer destes fatores, isolados ou em conjunto. A informação é um trunfo. O princípio primário da Infonomics é o reconhecimento da informação como um ativo da empresa. Embora os princípios contábeis geralmente aceitos ainda não exigem o relato de ativos de informações no balanço , infonomics considera que as organizações reconhecem que a informação é mais do que apenas um recurso.

Cada empresa será uma empresa de tecnologia. Portanto, por uma questão de sobrevivência, os CEOs devem começar a debater e a provocar a ideia de transformação digital em suas empresas. Devese mostrar aos CEOs que o contexto de mudanças provocadas pela digitalização da sociedade, a sociedade da economia digital. Neste contexto entendemos que as áreas de negócios são cada vez mais pressionadas a buscar soluções inovadoras, e boa parte delas passa por uma transformação em negócios digitais que incluem a adoção de tecnologias disruptivas como Cloud, Analytics, Mobile e Social, etc. Mas, ao mesmo tempo que a busca por inovação contínua traz benefícios para o negócio, isto representa um desafio para as áreas de TI, especialmente no que diz respeito à segurança.

467 R$ para obter acesso e baixar trabalho pronto

Apenas no StudyBank

Modelo original

Para download