Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho

RESENHA O Espírito das Leis, Editora Martin Claret, 1ª Edição, 2006, São Paulo., Resenha (Crítica), Ciências Políticas

Número do pedido
9290
Criado
5 de março 2021
Concluído
5 de março 2021
Preço
R$ 61,00
É peciso fazer rápido até ciências políticas. Tem só 1 dia Título do pedido «RESENHA O Espírito das Leis, Editora Martin Claret, 1ª Edição, 2006, São Paulo.».
crowd
Houve
0 ofertas
Oliveiraph
O usuário contratou o escritor
Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho
Ou pode comprar esse trabalho....
Oliveiraph
Oliveiraph
Escritor
Páginas: 3
R$ 61,00
browser surf
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar o trabalho acadêmico
de qualquer tema
Encomendar o trabalho novo

A texto que segue busca tratar de tópicos como a contextualização e a análise crítica da obra de Charles de Montesquieu: O Espírito das Leis.
Montesquieu argumenta que os diferentes governos têm seus respectivos princípios (o que faz agir), ou seja, a alma do governo, que é o que determina a forma de governo; e possui também sua natureza própria (o que faz ser) que distingue as estruturas dos governos (quem governa e quantos governam) e as leis políticas. Partindo desses dois conceitos o autor distingue três formas diferentes de organização política: monarquia, república e despotismo.
O despotismo se trata, para Montesquieu, de uma forma corrompida de governo, onde o princípio é o medo e o príncipe procura sempre manter o braço erguido, em outras palavras, o príncipe busca manter-se no poder e para isso está sempre preparado e disposto a usar a força constante, é um tipo de governo que se corrom
Os representantes do senado são escolhidos por sua distinção em relação aos demais. O princípio da Aristocracia é a virtude da moderação, onde os nobres se tornam próximos às demais classes devido a essa moderação; quando os nobres não agem mais de forma moderada o governo aristocrático se corrompe.
O autor argumenta livro XI, capítulo central, como a liberdade política se relaciona com as leis. Segundo Montesquieu, ser livre é seguir às leis, pois, a partir do momento que se segue leis positivas, ou seja, criadas por quem as obedecem, se obedece apenas a si mesmo e ao mesmo tempo a todos. Desse ponto de vista conclui-se que a liberdade só será realizada nas formas monárquicas e republicanas de governo, pois no despotismo o príncipe governa para si mesmo. Para que se possa haver liberda Mostrar todos
Referência Bibliográfica:
MONTESQUIEU, Charles-Louis de Secondat. Do Espírito das Leis. Editora Martin Claret, 1ª Edição, 2006, São Paulo.
StudyBay é uma plataforma de freelance. Todos os trabalhos apresentados no site são enviados por nossos usuários que tenham concordado comregras d a colocação de trabalho no site e ter todos os direitors autorais necessários para esses trabalhos. Baixando o trabalho, você concorda que ele não será apresentado como o seu próprio, mas será usado apenas como um exemplo ou fonte, com a referência obrigatória para a autoria do trabalho. Se você é o proprietário dos direitos autorais e considera que este trabalho é postado aqui sem a sua permissão - por favor preencha o formulário e nós removemos o trabalho do site. Preencher os campos
Avaliamos em 10 minutos de graça
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar qualquer trabalho acadêmico aos nossos escritores a partir de 5 reais! Faça o pedido e receberá as ofertas em 10 minutos!
Fazer um pedido