Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho

A estrutura familiar após o diagnóstico de transtorno mental, Monografia, Psicologia

Número do pedido
4779
Disciplina
Criado
15 de abril 2019
Concluído
24 de abril 2019
Preço
R$ 319,00
Ajude-me fazer rápido até psicologia. Tem só 9 dias Título do pedido «A estrutura familiar após o diagnóstico de transtorno mental».
crowd
Houve
10 ofertas
Georgia Freitas
O usuário contratou o escritor
Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho
Ou pode comprar esse trabalho....
Georgia Freitas
Georgia Freitas
Escritor
Páginas: 35
R$ 319,00
browser surf
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar o trabalho acadêmico
de qualquer tema
Encomendar o trabalho novo

O presente estudo tem em seu bojo o intento de estudar a realidade da estrutura familiar no contexto de diagnostico do indivíduo portador de transtorno mental. Essa realidade prescinde de uma reabilitação psicossocial, na qual a família deve participar, considerando as experiências cotidianas do indivíduo. Essa reabilitação passa pelos sujeitos familiares, cuidadores e próximos ao indivíduo adulto que e portador de um transtorno dessa natureza. Para o presente estudo, buscou-se utilizar a metodologia qualitativa com a pesquisa de referenciais teóricos e a coleta de discursos de familiares pacientes a partir da instituição Amigos da Saúde. A conclusão levou-nos a considerar que a reabilitação psicossocial do pacientes portador de transtornos mentais deve dar relevância ao seu vínculo com a Mostrar todos
Durante muitos anos as pessoas portadoras de transtorno mental eram chamadas de loucas e internadas em instituições consideradas como único recurso para tratamento da deficiência. Nessas instituições o portador de transtorno mental era mantido isolado e muitas vezes sofriam com os choques elétricos como forma de cura.
Segundo Moreno e Alencastre (2003, p. 43)

“a família foi banida do acompanhamento ao doente mental, cabendo apenas ao asilo e ao poder médico curar aqueles que apresentam qualquer tipo de comportamento inadequado”.

A partir da década de 60 do século XX em países como a Itália, e dos anos 80 no Brasil, a necessidade de se repensar as práticas em saúde mental torna-se evidente, em face das condições desumanas de tratamento a que eram expostos os portadores de transtorno psí Mostrar todos
Para uma melhor compreensão do tema transtorno metal é necessário conhecer a sua evolução desde os tempos antigos até os atuais. Assim, apresenta-se aqui o histórico do transtorno mental mundial.

“Na Grécia antiga, a loucura era considerado uma manifestação divina. O que era dito pelo louco era ouvido como um saber importante e necessário, capaz ate de modificar os acontecimentos, de interferir no destino dos homens” (ESCOLA...., 2003, p. 13).


Nesta época o louco não era excluído, era-lhe dada a oportunidade de exprimir suas idéias, pois se considerava que ele recebia as mensagens dos Deuses e precisava passa-las para os homens. Isto permaneceu assim até na Idade Média.
BLACHER, J. Sequential stages of parental adjustment to the birth of child eith handicaps: fact or atifact? American Journal on Mental Retardation, n.22, p. 55-68, 1984.
BOWLBY, J. Uma base segura: aplicações clínicas da teoria do apego. Porto Alegre, Artes Médicas, 1990.
BRANDÃO, A.U. A relação mãe-criança: considerações sobre a ontogênese da natureza social do ser humano. Parapsicologia: Teoria e Pesquisa, v.3, n.3 p. 296-300, set/dez, 1991.
BRASIL, Educação Especial no Brasil. Ministério da Educação e Desporto, Secretaria de Educação Especial de Brasília, 1995.
BRAZELTON, T. B. O desenvolvimento do apego: uma família em formação: Porto Alegre, Artes Médicas, 1988.
BRAZELTON, T.B.; CRAMER, B.G. As primeiras relações. São Paulo, Martins Fontes, 1992.
BRESLAU, N. & DAVIS, G.C. Chronic stre Mostrar todos
StudyBay é uma plataforma de freelance. Todos os trabalhos apresentados no site são enviados por nossos usuários que tenham concordado comregras d a colocação de trabalho no site e ter todos os direitors autorais necessários para esses trabalhos. Baixando o trabalho, você concorda que ele não será apresentado como o seu próprio, mas será usado apenas como um exemplo ou fonte, com a referência obrigatória para a autoria do trabalho. Se você é o proprietário dos direitos autorais e considera que este trabalho é postado aqui sem a sua permissão - por favor preencha o formulário e nós removemos o trabalho do site. Preencher os campos
Avaliamos em 10 minutos de graça
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar qualquer trabalho acadêmico aos nossos escritores a partir de 5 reais! Faça o pedido e receberá as ofertas em 10 minutos!
Fazer um pedido